quarta-feira, 29 de junho de 2022
16 C
Vitória

[Vídeo] A pandemia e o impacto nos casos de bruxismo

Em um dia de muito estresse ou ao acordar, após uma noite de sono, vc sente dores no maxilar, na cabeça ou já quebrou algum dente sem motivo aparente? Bom, você pode ter bruxismo ou apertamento, doenças que atingiam cerca 15% da população brasileira antes da pandemia. Hoje, dentistas apontam aumento significativo desses casos de doenças que têm muito mais a ver com a saúde mental do que você talvez possa imaginar.

O bruxismo não tem uma causa específica, é uma doença que já está relacionada a algum acometimento. Estudos o correlacionam ao estresse contínuo, à ansiedade, a distúrbios psicológicos ou neurofuncionais, ao uso de drogas e ao consumo excessivo de álcool, prática esta que aumentou em muitos lares brasileiros durante a pandemia.

Todos esses fatores fizeram crescer significativamente a procura por atendimento odontológico, como explica Victor Padilha, que percebeu o aumento expressivo no número de pacientes com bruxismo ou apertamento.

Ana Sá é redatora e está cursando sua segunda faculdade. Há 9 anos, em meio à rotina de estudos para o primeiro vestibular, passou a acordar com dor de cabeça e no maxilar, de onde ouvia alguns estalos. Ao procurar o dentista, o diagnóstico: bruxismo.

Com o passar do tempo, Ana percebeu uma significativa melhora desses incômodos, a ponto de não usar mais tanto o apertador, um equipamento fundamental para proteger os dentes e aliviar os sintomas. Com a chegada da pandemia, tudo voltou, e com mais força.

Assista à matéria na íntegra:

https://www.youtube.com/watch?v=10n90dSS2Yk
- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Moderação de comentário está ativada. Seu comentário pode demorar algum tempo para aparecer.

Relacionados

- Publicidade -