sábado, 25 de maio de 2024
26 C
Vitória

Fazer exercícios no calor? Saiba como manter a forma no verão

A atividade física traz diferentes benefícios para a saúde, como redução de ansiedade e estresse, melhora equilíbrio e flexibilidade, além de proporcionar episódios de socialização e convivência.

Mas a chegada do verão, que traz consigo o aumento das temperaturas médias, pode impactar a saúde das pessoas durante o treino.

Para os especialistas, a atividade física deve ser mantida no período, mas algumas orientações precisam ser seguidas. O uso de roupas leves e a manutenção da hidratação do corpo, principalmente com a ingestão de água, são primordiais. Preferir horários do dia com menor presença do sol também ajuda – programe-se para fazer os exercícios antes de 10h ou após as 16h.

Marcos Rogério Trevizoli, educador físico de uma UBS administrada pela AFNE, conta que as pessoas também precisam considerar suas características individuais. No caso de pessoas com comorbidades, é importante diminuir a intensidade da rotina de exercícios, muitas vezes medir a saturação do oxigênio com um oxímetro.

O educador físico explica que manter esses hábitos são muito importantes. “É preciso continuar levando informação para as pessoas, dar um significado para aquela atividade e elas continuem no grupo de prática corporal”. 

“Vivemos em um tempo de temperaturas extremas, não temos certeza se vai chover ou fazer calor, mas a atividade física é bem-vinda em qualquer estação desde seja realizada de maneira correta”, afirma.

O educador físico explica que os impactos da atividade são metabólicos, por isso, precisa prestar atenção em qual tipo de atividade está realizando e qual o ambiente, para entender os manejos, ter autonomia e conquistar o bem-estar. 

Os problemas para quem extrapolar os próprios limites nessa época envolvem uma sobrecarga muscular, explica o fisioterapeuta Fisioterapeuta Reinaldo Oliveira Júnior.

“As pessoas intensificam [a quantidade de exercícios] de uma forma um pouco rápida, o que aumenta a possibilidade de lesões, principalmente para quem está afastado”, explica. 

O especialista conta que as principais lesões são:

  • Muscular, com estiramento e entorces;
  • Sobrecargas tendíneas, nos músculos e tensões;
  • Fraturas por estresse, que são consequências de problemas ósseos e mais graves;

*Por CNN

Receba as principais notícias do dia no seu WhatsApp! Basta clicar aqui.

- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Relacionados

- Publicidade -