sexta-feira, 19 de agosto de 2022
24.9 C
Vitória

Ministério da Saúde e Anvisa admitem escassez de medicamentos em drogarias e unidades de saúde

O Ministério da Saúde e a Anvisa admitiram que há escassez de medicamentos como soro, dipirona e contrastes em drogarias e unidades de saúde do País. A informação foi publicada na tarde de segunda-feira (11) pelo jornal O Globo.

Segundo O Globo, a escassez já dura ao menos dois meses e faltam “itens indispensáveis ao Sistema Único de Saúde” como antibióticos amoxilina e dipirona, anti-inflamatório indicado contra febre, dor de cabeça, dor muscular e cólicas.

Uma pesquisa realizada pela Confederação Nacional da Saúde (CNSaúde) feita com mais de 100 hospitais, clínicas especializadas e empresas que oferecem o serviço de home care em 13 estados e no Distrito Federal revela que o problema também atinge o Sistema Único de Saúde.

O levantamento aponta que há falta de soro em 87,6% das instituições pesquisadas. A consequência disso é aumento do preço das mercadorias: 40% das instituições que participaram da pesquisa afirmaram que adquiriram o soro pelo dobro do valor praticado no mercado.

 

 

- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Moderação de comentário está ativada. Seu comentário pode demorar algum tempo para aparecer.

Relacionados

- Publicidade -