terça-feira, 9 de agosto de 2022
22.7 C
Vitória

Demora de mais de 7 horas em atendimento no PA de Alto Lage revolta pacientes

Quem buscou atendimento no PA do trevo de Alto Lage, em Cariacica, nesta quarta-feira (13), teve que esperar mais que o normal para conseguir ser atendido. Os pacientes relataram à reportagem do MovNews demora de mais de sete horas. Na unidade são realizados atendimentos de especialidades de clínica médica, pediátrica e odontológica.

Uma das pessoas que literalmente passou a noite na unidade foi a diarista Luciana Carvalho da Silva, moradora do bairro de Porto de Santana, de 39 anos. Na terça (12), ela chegou ao PA para buscar atendimento para sua neta, de 2 anos, por volta das 19 horas e não conseguiu ser atendida até 1h, quando retornou à sua residência.

Na quarta, às 11 horas, avó e neta voltaram ao pronto socorro para buscar atendimento. Até às 14h30 elas não haviam sido atendidas.

“Ontem (terça) eu cheguei aqui e vi que estava demorando demais. Fui procurar saber o que estava ocorrendo e fui informada que havia 70 pessoas na minha frente. Fui embora de madrugada e sem o atendimento. Eu só retornei hoje porque minha neta realmente está passando mal, vomitando e com febre. A gente precisa tentar resolver o problema em casa e vim ao PA só em último caso. Como é o caso que aconteceu comigo ontem e hoje”, disse Luciana Carvalho da Silva.

Luciana Carvalho da Silva com sua neta aguardando o atendimento. Foto: Emanuela Afonso
Luciana Carvalho da Silva com sua neta aguardando o atendimento. Foto: Emanuela Afonso

Outro paciente que foi ao pronto atendimento buscar atendimento é um pedreiro de 50 anos, que preferiu não se identificar. Ele relatou à reportagem que chegou na unidade por volta das 8 horas da manhã e aguardava para ser atendido até às 14h30 desta quarta-feira.

“Eu tomei todas as vacinas da Covid-19. Venho sempre usando máscara, mas nos últimos dias comecei com uma tosse muito chata. Passei a tomar mel, mas não resolveu. Então, vim ao PA, porque estou com receio de ser o coronavírus. Só que ao chegar aqui percebi que está havendo muita demora no atendimento. Estou quase desistindo”, disse o pedreiro.

Diversos pacientes disseram que a maior demora, atualmente, na unidade, é em relação a teste da Covid-19, além do atendimento pediátrico.

O que diz a Secretaria de Saúde de Cariacica?

A reportagem procurou a Secretaria de Saúde de Cariacica para saber o que estaria ocasionado a demora. Por meio de nota, a mesma respondeu que o número de atendimentos de síndromes gripais aumentou significativamente no Pronto Atendimento do Trevo de Alto Lage, com quatro vezes mais atendimentos que o habitual.

A nota segue com: “No atendimento geral, de outros PAs e Unidades Básicas de Saúde, o aumento foi em torno de 315%. O tempo médio de espera por atendimento tem sido de três horas e meia. Esse fato é decorrente do aumento do número de casos de síndromes respiratórias, incluindo asma, gripes, bronquiolites, sinusite e pneumonia.

Essas patologias demandam maior tempo de atendimento pelos pediatras, pois as crianças permanecem em observação por períodos longos recebendo medicação. A Semus orienta que, em casos pouco urgentes, como síndromes gripais e queixas de mal-estar, os pacientes se dirijam às Unidades Básicas de Saúde (UBS), que estão preparadas para atender casos do tipo. A secretaria está fazendo testagem em todos os serviços de saúde, com testes rápidos com e sem agendamento”.

A Semus ainda informou, além do Pronto Atendimento do Trevo de Alto Lage, o município conta também com outros três PAs (de Flexal II, Nova Rosa da Penha I e Sam), que também estão preparados para atender casos de urgência e emergência.

 

- Publicidade -

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Moderação de comentário está ativada. Seu comentário pode demorar algum tempo para aparecer.

Relacionados

- Publicidade -