quarta-feira, 29 de junho de 2022
16.6 C
Vitória

Cuidado! Inverno pode causar problemas como a síndrome da boca seca

O inverno começou oficialmente nesta terça-feira (21), às 06h14. E com eles alguns cuidados devem ser tomados para evitar doenças. Você já ouviu falar na síndrome da boca seca? É uma sensação muito comum que se intensifica durante o inverno, mas que pode gerar transtornos maiores se não houver cuidado e atenção.

A estação mais fria do ano, que termina no dia 22 de setembro, às 22h04, segundo o Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), se torna propícia para mudanças de hábitos. É comum dormir mais, comer mais e se hidratar menos, reduzindo o nível de líquido ingerido.

No entanto, independente da estação, o hábito de beber água é fundamental e reduzir o consumo de líquido pode levar a grandes transtornos. Essa mudança de comportamento no inverno pode causar por exemplo a xerostomia, mais conhecida como síndrome da boca seca.

Segundo a dentista Karen Tonussi, quando estamos com a boca seca, não é apenas uma sensação. “A síndrome da boca seca é uma alteração no nosso corpo e pode ser resultado de baixos níveis hormonais e de hidratação.”

Além da boca seca, a xerostomia também pode afetar o funcionamento fonoaudiológico e gerar perda no paladar, se confundindo com um dos sintomas da Covid-19.

Para evitar a síndrome boca seca e os possíveis problemas subsequentes, a dentista recomenda manter a hidratação. “Tenha com você sempre que possível uma garrafinha de água e hidrate-se mesmo que não esteja com sede, mantenha o hábito de beber água”, recomenda.

Dentista Drª Karen Tonussi
Dentista Drª Karen Tonussi

Ainda segundo a profissional, realizar a manutenção da higiene bucal junto ao dentista também pode ajudar a evitar a síndrome. “A visita regular ao dentista também é uma forma de se evitar a síndrome da boca seca. Isso porque, além da hidratação, as condições de saúde da boca também são fatores que podem causar a síndrome”, explica.

A relação da síndrome com o inverno está diretamente ligada ao funcionamento do nosso corpo e ao comportamento que adotamos, como explica Karen Tonussi.

“No verão e na primavera, devido às temperaturas mais elevadas, nossos poros se abrem e suamos, fazendo com que tenhamos mais sede. No inverno, como perdemos menos água, nosso corpo sente menos sede. Por isso, lembre-se, seja qual for a estação, o bom e velho hábito de beber água é fundamental”.

- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Moderação de comentário está ativada. Seu comentário pode demorar algum tempo para aparecer.

Relacionados

- Publicidade -