domingo, 14 de agosto de 2022
21 C
Vitória

Anvisa determina recolhimento de losartana, medicamento para hipertensão

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) determinou o recolhimento e a interdição de vários lotes de diversos fabricantes do medicamento losartana, muito utilizado no Brasil para tratamento de pressão alta e insuficiência cardíaca.

De acordo com a agência, a presença da impureza “azido” em nível acima do limite de segurança permitido motivou a decisão, publicada em resolução nesta quinta. Agora, os produtos devem ser totalmente recolhidos das farmácias em até 120 dias.

Apesar da determinação de recolhimento, a Anvisa recomendou que os pacientes que fazem uso do remédio continuem o tratamento, mesmo que o medicamento esteja entre os lotes afetados, pois trata-se de uma medida preventiva.

“A hipertensão e insuficiência cardíaca exigem acompanhamento constante e qualquer alteração no tratamento deve ser feita somente pelo médico que acompanha o paciente. Deixar de tomar o medicamento pode trazer riscos para a saúde do paciente”, reforçou.

Lista de lotes de Losartana interditados pela Anvisa em nesta quinta (23) – Crédito: Reprodução/Anvisa

Pacientes em tratamento com uso de losartana podem, também, entrar em contato com o Serviço de Atendimento ao Consumidor (SAC) do laboratório para se informar sobre a troca do medicamento por um lote que não tenha sido determinado o seu recolhimento ou interdição. Telefone e outras formas de contato com as empresas constam na bula e na embalagem dos produtos.

Ainda segundo a Anvisa, os detentores de registro desses remédios foram notificados para que apresentem os resultados da avaliação sobre a existência da impureza nos produtos.

- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Moderação de comentário está ativada. Seu comentário pode demorar algum tempo para aparecer.

Relacionados

- Publicidade -