sábado, 25 de junho de 2022
21 C
Vitória

No Dia Mundial da Doação de Leite Materno, bebês precisam de solidariedade de quem doa

Hoje é um dia muito especial, pois marca um gesto de amor, de solidariedade e  compaixão. Neste 19 de maio é celebrado o Dia Mundial de Doação do Leite Humano e a data é importante porque mais de 10% das crianças prematuras precisam de alimento doado, de acordo com dados fornecidos pelo Ministério da Saúde.

Muitas mães necessitam de apoio do banco de leite para amamentar, por variados fatores. Por isso é muito importante ajudar. O banco de leite oferece ações de apoio, proteção e promoção ao aleitamento materno durante o processo de amamentação.

Na maioria das vezes, os bebês prematuros e com baixo peso têm mais dificuldades de sugar o leite. As evidências científicas indicam que bebês prematuros que se alimentam de leite humano têm mais chances de recuperação e de terem uma vida mais saudável.

Layla Leão Dias Orlete é mãe da Isadora, de 7 anos, e do Fernando, de 2 anos e meio. Ela trabalha na UTI da Clínica de Acidentados de Vitória e sabe bem como é a importância da doação de leite.

“Por trabalhar na UTI pediátrica, eu via a necessidade desses bebês em receber essas doações de leite, porque sei que nenhum leite de fórmula é capaz de garantir a imunidade que um leite materno é capaz de dar. Então, também via as dificuldades que algumas mães tinham de amamentar. Como consegui amamentar meus dois filhos, conseguia tirar um pouco do leite para doação. Para mim, isso significa um ato simples, que faz toda a diferença de alguém que precisa muito”, reforça Layla.

Além disso, a produção de leite humano obedece à lei da demanda, ou seja, quanto mais leite é consumido ou retirado para doação ou sugado pelo seu bebê, mais leite é produzido pela mãe. O banco de leite acaba sendo uma opção.

É importante chamar a atenção para essa informação, pois um frasco de leite materno pode ajudar a amamentar 10 bebês.

Transporte

O Banco de Leite do Hospital das Clínicas, em Vitória, por exemplo, realiza a coleta domiciliar do leite humano doado. Caso a mãe deseje doar, deve seguir orientações para o transporte:

  • O leite humano para a doação precisa ser transportado em um caixa térmica ou uma bolsa térmica com gelo reciclável, limpa e exclusiva para o transporte do leite;
  • Prepare a caixa ou bolsa térmica com gelo reciclável na proporção de três gelos recicláveis para cada frasco de leite humano;
  • Em seguida, retire o leite congelado do freezer e confira a etiqueta de identificação, com aos seguintes dados: nome do doador, data da coleta, hora da coleta, data do nascimento do bebê;
  • Colocar o frasco de leite a ser doado imediatamente na caixa térmica preparado e levado para o Banco de Leite.

Caso tenha alguma dúvida, o Banco de Leite do Hospital das Clínicas atende nos telefones: 3335-7515 e 3335-7424.

Estoque x Doação

“O nosso estoque do Banco de Leite no Hospital das Clinicas está 50% mais baixo do que precisamos para mantermos a distribuição para os bebês prematuros e internados na nossa unidade neonatal”, disse a enfermeira Lucimar Muri.

Para ser doadora, basta ser saudável e apresentar a produção de leite maior que a necessidade do seu próprio bebê. Para isso, basta entrar em contato com o Banco de Leite mais próximo e fazer a doação.

Atualmente, no Hospital das Clínicas são mais de 15 bebês internados. São distribuídos diariamente 6 litros de leite pasteurizado para esses bebês.

- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Moderação de comentário está ativada. Seu comentário pode demorar algum tempo para aparecer.

Relacionados

- Publicidade -