quarta-feira, 18 de maio de 2022
24.9 C
Vitória

Governo anuncia a suspensão da obrigatoriedade do uso de máscaras no Espírito Santo

Agora é oficial, o governo do Estado derrubou a exigência do uso da máscara de proteção contra a Covid-19 em todo o território capixaba, em locais abertos e fechados.

O pronunciamento, realizado na tarde desta quarta-feira (06), no Palácio Anchieta, em Vitória, pelo governador do Estado, Renato Casagrande (PSB), ao lado do secretário de Estado da Saúde, Nésio Fernandes, não detalhou se há riscos de contaminação pela Covid-19 em ambientes com aglomeração, como nos coletivos do Sistema Transcol e até mesmo nas arquibancadas do Sambão do Povo, onde acontecem os desfiles das escolas de Samba nos próximos dias.

Segundo Casagrande, o Estado vive um momento de tranquilidade:  “Também dizer que nesse novo momento da pandemia nós não precisaremos mais usar as máscaras. Estamos tirando a obrigação de máscara. A partir deste momento, não está mais obrigado o uso de máscara”, enfatizou.

Ainda de acordo com o governador, a única obrigatoriedade do uso de máscaras fica para os profissionais da área da saúde.

Mudança no modelo de gestão da pandemia no ES

Casagrande afirmou que a partir desta quarta-feira (06) o Governo do Estado está mudando o modelo de gestão da pandemia. Ou seja, a pandemia será tratada como um assunto de saúde pública, mas sem as medidas que foram usadas até o momento.

Sendo assim, além de tirar a obrigatoriedade do uso de máscara, foi anunciado a não exigência do passaporte vacinal no Espírito Santo e o fim do mapa de risco divulgado todas as sextas-feiras pelo Governo.

O Governador, no entanto, recomenda a manutenção do uso de máscara para quem não completou o seu ciclo vacinal e estão sintomáticas.

“Isso não significa que as pessoas não precisam usar a máscara. As pessoas que estão sintomáticas é importante que usem a máscara. As pessoas não vacinadas, pessoas com doenças crônicas”, disse.

Casagrande também alertou para a importância da vacina e garantiu que o Estado continuará mantendo seus esforços para que todos os capixabas completem o ciclo vacinal.

“Mas fica sempre a recomendação de quem ainda não recebeu seu ciclo vacinal completo, que continuem preocupados com isso. E nós vamos continuar incentivando para que as pessoas tomem as doses necessárias de vacina”, afimrou.

- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Moderação de comentário está ativada. Seu comentário pode demorar algum tempo para aparecer.

Relacionados

- Publicidade -