quarta-feira, 18 de maio de 2022
24.9 C
Vitória

Governador anuncia o fim do uso de máscara em áreas de risco muito baixo

O governador do Espírito Santo, Renato Casagrande (PSB), anunciou nesta sexta-feira (11), a liberação do uso de máscaras em locais abertos, em cidades em risco muito baixo, para a transmissão do Coronavírus. A medida é válida a partir da próxima segunda-feira (14).

Em locais fechados a máscara não é obrigatória, apenas é recomendada. De acordo com o último mapa de risco do coronavírus do Governo do Estado, são 10 município que ainda estão em risco moderado: Anchieta, Barra de São Francisco, Cachoeiro de Itapemirim, Cariacica, Ecoporanga, Guarapari, Laranja da Terra, Mimoso do Sul, Piúma e Vila Velha.

“ A nossa orientação é para que em municípios de risco baixo não seja mais obrigatório o uso de máscara em ambientes abertos, como em áreas de lazer e praias, por exemplo. Mas, orientamos que ainda seja utilizada a máscara em locais fechados”, disse o governador.

Outra medida que mudou será em relação ao passaporte da vacina: “Não precisamos mais exigir o passaporte da vacina, nas regiões que alcançaram a meta vacinal”, menciona.

Os critérios para as regiões atingirem as metas de vacinação são três:

*Adolescentes (acima de 12 anos), com a 1º dose;

*Adultos (acima de 18 anos), com ciclo vacinal completo;

*Idosos (acima dos 60 anos), com a 3º dose.

“Até o momento só duas regiões alcançaram a meta vacinal e nos seus eventos sociais não terão limitações, que foram: Sudoeste Serrano e Sudoeste Central”, explicou.

Queda

De acordo ainda com o painel Covid-19 são 1.030.53 casos confirmados, 961.369 pacientes curados e 14.222 óbitos. Já foram aplicadas na primeira dose 3.312.050 e na segunda dose 2.971.905.

“Neste momento, estamos em uma fase de forte recuperação da pandemia. Bom poder dizer isso hoje. Isso é uma alegria. Estamos com queda de casos, queda de óbitos, queda da taxa de transmissão. Certamente nos próximos dias, teremos as menores médias de óbitos, transmissão e queda da pandemia, nesses dois anos”, disse o governador.

Por fim o Governador deu uma orientação: “Às pessoas com algum sintoma ou virose, estamos orientando que usem mascaras e façam o teste, independente do grau de risco. Isso ajuda a evitar o contagio”.

Mutirão de vacina

A imunização das crianças contra a Covid-19 é um importante processo no enfrentamento à pandemia. Com o intuito de incentivar o ato e aumentar a cobertura vacinal, o Governo do Estado, através da Secretaria da Saúde (Sesa), iniciou nesta sexta (11) e dará continuidade neste sábado (12), o mutirão de vacinação para o público infantil de 05 a 11 anos.

Durante os dois dias da ação, que é realizada em parceria com os municípios capixabas, serão ofertadas, aproximadamente, 65 mil doses, distribuídas nas regiões Metropolitana, Central, Norte e Sul.

Os responsáveis que acompanharem os menores de idade e estiverem com alguma dose em atraso também poderão ser vacinados e manter o esquema vacinal em dia. A população terá acesso ao serviço em locais e horários estratégicos pré-definidos pelos gestores municipais.

De acordo com a Plataforma Vacina e Confia até a manhã desta segunda-feira (07), 145.461 crianças entre 05 e 11 anos foram vacinadas no Espírito Santo, representando 37% do público-alvo que é de, aproximadamente, 393.089 pessoas.

Desde o início da pandemia da Covid-19 no Estado, foram registrados 35.061 casos confirmados na faixa etária entre 05 e 11 anos. Com relação aos óbitos, o Estado registrou seis mortes pela infecção do vírus nessa faixa etária.

Formas de transmissão

A transmissão do coronavírus costuma ocorrer pelo ar ou por contato pessoal com secreções contaminadas, através:

  • Gotículas de saliva;
  • Espirro;
  • Tosse;
  • Catarro;
  • Contato pessoal próximo, como toque ou aperto de mão;
  • Contato com objetos ou superfícies contaminadas, seguido de contato com a boca, nariz ou olhos.

Prevenção

É fundamental manter alguns cuidados com a higiene pessoal que também valem para afastar o risco de gripe e outras tantas doenças respiratórias.

  • Lavar bem as mãos;
  • Uso de máscaras;
  • Utilizar lenço descartável para higiene nasal;
  • Evitar de tocar as mucosas de boca, nariz e olhos;
  • Não compartilhar objetos de uso pessoal.
- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Moderação de comentário está ativada. Seu comentário pode demorar algum tempo para aparecer.

Relacionados

- Publicidade -