quarta-feira, 12 de junho de 2024
25.9 C
Vitória

Justiça Federal isenta Dilma Rousseff de “pedaladas fiscais”

O Tribunal Regional Federal da Primeira Região (TRF-1), com sede no Distrito Federal, inocentou Dilma Rousseff de ter cometido as chamadas “pedaladas fiscais”, motivo que levou ao seu impeachment dela em 2016. A decisão judicial foi publicada durante a segunda-feira (21).

Com a decisão, o TRF-1 manteve a sentença que isentou não só a ex-presidente de receber qualquer tipo de punição por essas acusações, mas os antigos integrantes de seu governo, como o ex-presidente do BNDES, Luciano Coutinho.

Atualmente, Dilma preside o Novo Banco de Desenvolvimento (NDB na sigla em inglês), instituição conhecida como o Banco do Brics – bloco econômico composto por Brasil, Rússia, Índia, China e África do Sul.

Nas redes socias a hastag #FoiGolpe ganhou forma e se tornou um dos assuntos mais falados do X, o antigo Twitter, como apoio a Dilma.

Receba as principais notícias do dia no seu WhatsApp! Basta clicar aqui

- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Relacionados

- Publicidade -