sexta-feira, 12 de agosto de 2022
21.6 C
Vitória

Rose de Freitas pede licença do Senado para focar em campanha de reeleição

A senadora capixaba Rose de Freitas (MDB) se licenciou do mandato por 120 dias. O motivo, segundo sua assessoria de imprensa, é para focar na campanha eleitoral deste ano, pleito em que a parlamentar tentará a reeleição. O empresário paulistano Luiz Pastore (MDB) assume o cargo durante o período.

O requerimento de licenciamento de Rose foi lido em plenário, na noite da última quarta-feira (6), e já está valendo. A senadora não terá remuneração parlamentar durante o período de afastamento.

Rose de Freitas está em busca de ser formalizada como candidata a mais uma legislatura no Senado Federal na chapa do governador Renato Casagrande (PSB), que, por sua vez, tentará a reeleição. O apoio é disputado por outros pré-candidatos, a exemplo de Alexandre Ramalho (Podemos), ex-secretário de Segurança Pública e Defesa Social durante boa parte da gestão do socialista.

Esta é a segunda vez que Rose de Freitas se licencia do cargo no mandato em curso. A primeira, em 2019, foi motivada por questões de saúde. Na ocasião, Pastore também assumiu o posto. Apesar de não ser capixaba, ele possui negócios no setor industrial e de importação em Vila Velha, município em cujo diretório emedebista é filiado.

Pastore também foi primeiro suplente do ex-senador Gérson Camata, que pediu licença do cargo no penúltimo ano de seu segundo mandato na Casa, de 1995 a 2002. O empresário assumiu o posto em outubro daquele penúltimo ano e permaneceu até o fim da legislatura.

- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Moderação de comentário está ativada. Seu comentário pode demorar algum tempo para aparecer.

Relacionados

- Publicidade -