quinta-feira, 19 de maio de 2022
20.9 C
Vitória

Ministro da Infraestrutura visita obras do Contorno do Mestre Álvaro nesta segunda-feira (11)

O ministro da Infraestrutura, Marcelo Sampaio, virá ao Espírito Santo na próxima segunda-feira (11) para visitar as obras do Contorno do Mestre Álvaro, na Serra, e as obras de construção do acesso ao Porto de Capuaba, em Vila Velha.

Ambos os projetos podem  otimizar o modal de transporte rodoviário e agilizar o tráfego de veículos pesados que atendem às operações logísticas de carga e descarga de mercadorias no Porto de Capuaba.

O ministro vem ao Estado a convite do vice-líder do Governo na Câmara, deputado Evair de Melo (PP).

“Esta é a primeira viagem oficial do novo Ministro da Infraestrutura desde que assumiu o cargo, no último dia 31 de março, E ele escolheu começar pelo Espírito Santo. Vamos tratar de projetos estruturantes que buscam reduzir o intenso fluxo de veículos entre as cidades de Cariacica, Serra e Vila Velha – as mais populosas do Estado –, de forma a retirar de suas vias urbanas o tráfego pesado que ainda predomina na malha viária que integra a Região Metropolitana da Grande Vitória”, explicou o deputado Evair.

CONTORNO DO MESTRE ÁLVARO

Orçado inicialmente em R$ 310 milhões, o contorno do Mestre Álvaro tem 19 km de extensão e serve de desvio do trajeto que corta a cidade de Vitória, para interligar os trechos da BR-101 entre Cariacica e Serra, por onde passam diariamente mais de 40 mil veículos. Até o momento, já foram executados mais de 60% das obras e o Governo Federal deverá investir mais R$ 150 milhões para a sua conclusão, que está prevista para o próximo ano.

“O projeto, também viabilizado por meio de emendas parlamentares da bancada federal capixaba, envolve a construção de acostamentos, canteiro central e pistas duplas nos dois sentidos, além de sete viadutos nas interseções entre a rodovia e o acesso a 36 bairros localizados em seu entorno”, informou Evair.

ACESSO AO PORTO DE CAPUABA

Já a implantação da BR-447 consiste na construção de um corredor logístico de 4,3 quilômetros de extensão, com pistas duplas, canteiro central e acostamentos entre a BR-262 e a BR-101, nos municípios de Vila Velha e Cariacica. Iniciadas em março de 2019, sob a responsabilidade do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT), 40% dos trabalhos foram executados e sua conclusão beneficiará diretamente o Porto de Capuaba.

“As obras da BR-447 representam um investimento de R$ 210 milhões, sendo R$ 140 milhões para a parte estrutural e R$ 70 milhões para a desapropriação de 305 imóveis situados ao longo do seu trajeto. Este projeto é muito importante porque cerca de 88% das cargas destinadas ao Espírito Santo, por via terrestre, chegam por Vila Velha. Deste percentual, 60% entram pela BR-101 e 28% pela BR-262, mas 66% do total de cargas saem pelo complexo portuário de Vila Velha. São produtos siderúrgicos, mármores, granitos, café, automóveis, granéis sólidos, bobinas de papel e celulose”, disse o deputado, que também é presidente da Frente Parlamentar do Comércio Internacional e Investimentos (FrenComex).

A visita do ministro da Infraestrutura ao Espírito Santo foi acertada no último dia 17 de março, durante reunião realizada entre o próprio Marcelo Sampaio – ainda na condição de Secretário-Executivo da pasta – e o deputado Evair de Melo, para discutir questões referentes ao Aeroporto de Linhares, à revisão e remodelagem do projeto de concessão da BR-262, à construção do trecho da EF-118 a ser construído pela Vale, ligando Santa Leopoldina a Anchieta, e Anchieta a  Presidente Kennedy, e à necessidade de definir alternativa para garantir a duplicação do trecho Norte da BR-101, na região da Reserva de Sooretama, no Norte do Estado.

Segundo Evair, a previsão é de que, na segunda-feira, o ministro Sampaio visite as obras do Contorno do Mestre Álvaro às 10h20 da manhã, e as obras do acesso ao Porto de Capuaba, às 15 horas.

 

- Publicidade -

3 COMENTÁRIOS

  1. Eu nunca vi um estado que as coisas não andam como os outros, está faltando fiscalização ou uma empresa que realmente trabalha, se eu fosse um representante do povo cairia matando pois os empreiteiros tão cagando pelos contratos, falaram que na época da eleição eu patrocino essa cambada e fica tudo certo, a BR 101 é o sinal e o retrato do desmando, até hoje o contorno de Vitória passando pelo Alphaville não foi terminado, já morreu muita gente, muito acidente por causa da irregularidades da pista, acho que está falando alguma coisa para as coisas andar. Tem muitas outra coisas para falar mas é difícil falar com vc deputado

  2. Rodovia do contorno Mestre Álvaro, que vergonha, cadê o andamento da obra????? Por favor, o povo está cansado, já teve até reunião com os pais da obra, isso é obra federal, estadual ou municipal ? E bom saber, apareceu governador, prefeito, vereador deputado, senador, dizendo que e obra dele, afinal que é o paí da criança, que vergonha

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Moderação de comentário está ativada. Seu comentário pode demorar algum tempo para aparecer.

Relacionados

- Publicidade -