quarta-feira, 18 de maio de 2022
24.9 C
Vitória

Colnago deixa direção da Assembleia e assume pré-candidatura ao governo

Num claro sinal ao mercado político,  o ex-governador  César Colnago (PSDB) pediu exoneração do cargo de diretor da Assembleia Legislativa e assumiu de vez a sua pré-candidatura ao governo do Estado.

A exoneração, que deve constar do Diário Oficial da próxima segunda-feira (14), foi anunciada em uma conversa com o presidente da Assembleia,  Erick Musso (Republicanos). Segundo fontes do Mov News, o tom da conversa não teria sido de cordialidade.

Isso porque Erick Musso também é pré-candidato ao governo do Estado e estaria pressionando para que César Colnago o apoiasse.

Segundo informações de bastidores,  uma pesquisa interna da Executiva Nacional do PSDB teria colocado o nome de César Colnago entre os três mais bem avaliados pela população capixaba.

A notícia animou os tucanos históricos nacionais, que agora estimulam a manutenção da pré-candidatura de César Colnago ao Palácio Anchieta.

De acordo com um tucano de alta plumagem no Espírito Santo, Colnago esteve com o governador de São Paulo e pré-candidato à presidência, João Doria.

O próprio Doria teria incentivado César a manter a candidatura até a decisão final do partido.

Um entrave aos planos de César Colnago chama-se Vandinho Leite deputado estadual que não é considerado um tucano legítimo.

Vandinho agora apoia o governador Renato Casagrande (PSB), em quem bateu pesado do alto do púlpito da Assembleia Legislativa num passado recente.  Amizade refeita, Vandinho e Casagrande falam a mesma língua.

Como presidente do PSDB, Vandinho quer mais é tratar das chapas de federal e estadual, o que  o fortaleceria a uma eventual candidatura à Prefeitura da Serra.

- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Moderação de comentário está ativada. Seu comentário pode demorar algum tempo para aparecer.

Relacionados

- Publicidade -