segunda-feira, 16 de maio de 2022
23.9 C
Vitória

Covid longa é realidade entre 10% a 30% dos infectados; entenda

Pelo menos quatro semanas a mais de persistência dos sintomas da covid-19 acomete entre 10% a 30% dos infectados pela doença mundialmente. O problema é identificado como covid longa e é uma condição que, de acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS), ainda é um mistério para os médicos.

Sabe-se até o momento que algumas condições  parecem aumentar o risco da covid longa. Segundo a OMS, a carga viral elevada no início da infecção, presença de certos autoanticorpos (anticorpos que atacam o próprio organismo), reativação do vírus Epstein-Barr e comorbidades como diabetes tipo 2.

Novas pesquisas, mostram certos indícios sobre o que pode estar por trás de sintomas duradouros provocados pela condição. A OMS explicou que alguns dos sintomas característicos da covid Longa são fadiga, falta de ar e disfunção cognitiva. 

De acordo com um estudo realizado por pesquisadores do Reino Unido na plataforma de pré-impressão Research Square, 115 sintomas tendem a persistir segundo os relatos de pacientes curados pela Covid-19.

Entre os 115 sintomas mencionados nos estudos, estão: perda de olfato, espirros frequentes, dificuldade de ejaculação, redução na libido, falta de ar em repouso, fadiga, dor torácica, voz rouca e febre.

Entenda as possíveis causas da Covid Longa

O pulmão, cérebro e o sistema imunológico e circulatório após a infecção do vírus sofrem danos que podem estar associados aos sintomas da covid longa. De acordo com estudos, uma das possíveis causas da persistência da doença é a luta que o corpo enfrenta contra os resquícios do coronavírus logo depois da contaminação. 

Essa luta comprova que o material genético da covid-19 permanece por meses em tecidos como intestinos e linfonodos.  Sendo assim, esses reservatórios virais podem ainda ter a capacidade de prolongar a inflamação, assim como a possibilidade de gerar outros sintomas como confusão mental e problemas gastrointestinais.

Os estudos também mostram que as pessoas com a covid longa apresentam o sistema imunológico danificado, em comparação aos infectados sem a condição. Anticorpos em níveis extremamente altos aparecem erroneamente, como um ataque ao organismo desses pacientes. Outra questão é a reativação de outros vírus que estão inativos com a infectação pela covid-19.

Segundo o geneticista e diretor do Laboratório Genetika, de Curitiba, o médico Salmo Raskin  as hipóteses de razões para a covid longa não são uma verdade absoluta e que é possível que existam outras causas.

“Por exemplo, é possível que a covid longa de um paciente esteja associada a uma resposta autoimune, enquanto a de outro é causada por resquícios do vírus no organismo. Entender e identificar a causa pode ser fundamental para definir o melhor tratamento e também para tentar prevenir ou ao menos reduzir os riscos“, diz Raskin

Cansaço persistente

Alguns sintomas da covid longa podem ser sim resquícios dos danos no sistema circulatório. O cansaço, de acordo com estudos, está associado a uma disfunção nesse sistema, prejudicando o fluxo de oxigênio para os músculos e outros tecidos, o que limita a capacidade aeróbica da pessoa que foi infectada. 

Esse dano no sistema circulatório pode ser causado por uma inflamação crônica que tende a danificar as fibras nervosas que ajudam a controlar a circulação ou por microcoágulos que persistem nos vasos, bloqueando os capilares que transportam oxigênio para os tecidos por todo o corpo.

Mesmo que não haja problemas pulmonares no paciente, a falta de ar é outro sintoma frequente da covid longa. No Reino Unido, um pequeno estudo que realizou teste específico de imagem descobriu que esses pacientes têm menos oxigênio eficiente se comparado com as pessoas saudáveis, mesmo com a normalidade na estrutura dos pulmões. O motivo, segundo a pesquisa,  são microcoágulos nos tecidos pulmonares ou um espessamento da barreira que regula a absorção de oxigênio nos pulmões.

- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Moderação de comentário está ativada. Seu comentário pode demorar algum tempo para aparecer.

Relacionados

- Publicidade -