segunda-feira, 15 de abril de 2024
23.8 C
Vitória

Vôlei Masculino: Brasil garante vaga para a Olimpíada de Paris e treinador se despede da seleção

O time masculino de vôlei do Brasil garantiu a vaga para os Jogos Olímpicos de Paris 2024, mas teve uma baixa. O técnico da seleção, Renan Dal Zotto, sentiu a necessidade de parar.

A Covid, que o deixou internado por 36 dias em 2021, deixou sequelas. Estresse, palpitação, dormência nos braços. Ainda deve passar por cirurgias nos joelhos. Depois de conversar com a família, Renan preferiu não continuar no comando da equipe.

Renan assumiu a seleção brasileira de vôlei masculino em 2017. Após perder o Sul-Americano para a Argentina, chegou ao Pré-Olímpico pressionado. Renan relembrou os seis anos em que esteve à frente da equipe. Conquistou a Copa dos Campeões, em 2017, e a Copa dos Campeões, em 2019.

Depois, na Liga das Nações de 2021, o técnico não estava no banco, se recuperava da infecção por Covid, quando ficou  internado em um hospital no Rio de Janeiro. Carlos Schwanke foi o treinador na campanha. Nos Jogos de Tóquio, terminou em quarto lugar após perder a semifinal para a Argentina.

Renan não comunicou a sua saída aos jogadores antes da partida decisiva pelo pré-olímpico contra a Itália no domingo (08) para não atrapalhar o foco dos jogadores em quadra, o resultado foi uma vitória de 3 sets a 2.  Alguns nomes que  podem assumir a seleção: Bernardinho, Marcelo Mendez, Filipe Ferraz e Javier Weber.

Receba as principais notícias do dia no seu WhatsApp! Basta clicar aqui

- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Relacionados

- Publicidade -