domingo, 14 de agosto de 2022
17.1 C
Vitória

Série D: herói nos pênaltis, goleiro Weide quer vitória mais tranquila diante do Caxias

O goleiro Weide Andrade foi o protagonista da classificação do Real Noroeste nas oitavas de final da Série D do Campeonato Brasileiro 2022 ao defender três pênaltis e assegurar a vaga. Agora, os Merengues Capixabas têm pela frente o Caxias, time do Rio Grande do Sul, neste domingo (7), em casa, no José Olímpio da Rocha, em Águia Branca, a partir das 15 horas.

Pela primeira vez em sua história, o Real chega nesta fase da competição. O paredão Weide acredita que será uma partida difícil contra o time gaúcho, mas que a equipe capixaba vai conseguir cumprir sua missão dentro de casa e faturar os três pontos.

“Sabemos que será uma partida difícil, um jogo resolvido no detalhe. O Caxias é uma grande equipe, muito qualificada, acostumada a disputar essa competição. Mas também sabemos do nosso desempenho, da nossa força. O time que errar menos vai sair vitorioso da partida deste domingo e vamos fazer de tudo para que seja o Real Noroeste”, disse.

Weide defendeu três pênaltis contra o Anápolis, na segunda fase da Série D. Foto: Reprodução/InStat
Weide defendeu três pênaltis contra o Anápolis, na segunda fase da Série D. Foto: Reprodução/InStat

O goleiro ainda ressaltou que a semana de preparação para o jogo de ida das oitavas teve como foco a correção de erros individuais.

“A semana de trabalho foi muito boa, produtiva. Treinamos bastante e corrigimos alguns erros individuais para que eles não voltem a ocorrer. A expectativa para esse jogo diante do Caxias é muito boa. Nosso grupo está ciente que temos dois jogos importantes e o fator casa poder ser o diferencial a nosso favor nessa primeira partida”.

Momento mais difícil da Série D

O Real Noroeste se classificou na fase de grupos da competição na terceira posição. Ao todo, somou 23 pontos e obteve seis vitórias, cinco empates e três derrotas, com um aproveitamento de 54,8%.

Na sequência, o time encarou o Anapólis, no mata-mata da segunda fase, na ida, em casa, venceu por 5 a 2, na volta, fora, foi surpreendido com a derrota por 3 a 0, o que levou a decisão para os pênaltis. O Real saiu vitorioso.

Para o goleiro Weide, esse foi o momento de maior decisão, até então, na Série D.

“Foi contra o Anápolis o jogo mais complicado. Fizemos nosso dever de casa, mas infelizmente no segundo jogo o adversário conseguiu reverter a nossa vantagem e levar a decisão para os pênaltis. Mas mantivemos a frieza nas cobranças de pênalti e pude ajudar minha equipe com as defesas na hora certa. Com isso a classificação veio”, finalizou.

- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Moderação de comentário está ativada. Seu comentário pode demorar algum tempo para aparecer.

Relacionados

- Publicidade -