domingo, 14 de agosto de 2022
17.1 C
Vitória

Estreante na Série D, Arthur é uma das armas do Nova Venécia contra a Portuguesa

A Série D do Campeonato Brasileiro não é inédita apenas para o clube do Nova Venécia. O atacante Arthur Martins, de 22 anos, disputa pela primeira vez a competição nacional e neste sábado (6), ele e seus companheiros entram em campo para o jogo de ida das oitavas de final contra a Portuguesa, às 15 horas, no estádio Luso-Brasileiro, no Rio de Janeiro, de olho na vitória.

Antes de vestir a camisa do Leão do Norte, Arthur defendeu apenas as cores do Serra, onde foi profissionalizado. Pela equipe Cobra-Coral, ele disputou a Copa do Brasil Sub-20 e a Copa São Paulo de Futebol Júnior.

“A Série D é uma competição muito diferente. É a primeira vez que eu estou jogando e realmente é bastante complicada. Muita gente fala que ela é mais difícil que as Série B e C, já que possui 64 times. Estamos trabalhando bastante para conseguir a classificação para a próxima fase. O time está focado e o grupo está com as melhores expectativa”, disse Arthur.

Foto: Thiago Felix
Foto: Thiago Felix

Arthur ainda acredita que a mescla entre experiência e a juventude é um ponto positivo para o Leão.

“Temos jogadores com rodagem, experiência, isso ajuda e facilita a termos equilíbrio. Somos um clube novo, que já está vivendo coisas grandes, mesmo com apenas um ano de existência está alcançando feitos que alguns times antigos do Espírito Santo ainda não conseguiram”, disse o atacante.

Clube visa calendário

Nas competições estaduais – Capixaba e Copa Espírito Santo -, em 2022, o Nova Venécia não conseguiu chegar às finas e assegurar o título, o que daria ao clube a vaga novamente na Série D. Neste cenário, o Leão precisa do acesso à Série C para garantir um calendário nacional em 2023.

“Infelizmente não conseguimos a classificação para o ano que vem com o Estadual e a Copa ES. Mas temos bastante chances na Série D. Estamos vivos, confiantes e vamos em busca do acesso à Série C para mantermos o clube em uma competição nacional. Isso é importante para todos jogadores do Nova Venécia”, frisou Arthur Martins.

Com dois acessos em seu currículo, Caio Monteiro é peça importante nas oitavas da Série D

- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Moderação de comentário está ativada. Seu comentário pode demorar algum tempo para aparecer.

Relacionados

- Publicidade -