quinta-feira, 7 de julho de 2022
26 C
Vitória

Torcedores capixabas preparem a emoção: Zico vem a Vitória em junho

“Uma vez Flamengo, sempre Flamengo”. Os torcedores rubro-negros do Estado já podem preparar a garganta para entoar o hino do time do coração ao ver, ao vivo, o maior ídolo da história do clube: Arthur Antunes Coimbra, o eterno Zico. O camisa 10 da Gávea chega em terras capixabas no dia 8 de junho.

Ele desembarca para o lançamento do seu livro, “A História de Todos os Gols de Zico”, às 18h30, no Shopping Vitória. A bibliografia foi escrita por Bruno Lucena (in memorian) , Mário Helvécio e Marcelo Abinader. Todos os fãs que comprarem um exemplar poderão ter seus livros autografados. Ao todo, estarão disponíveis 801 exemplares. O valor do livro é R$ 150.

O livro narra a trajetória de sucesso de Zico em nove anos de Flamengo. No rubro-negro, Zico marcou 508 gols em mais de 700 partidas. Já pela seleção marcou 66 gols em 89 partidas. É também o maior artilheiro da história do Estádio do Maracanã, com 333 em 435 partidas.

Zico iniciou na Gávea em 1974 e ficou até 1983. A maior lenda rubro-negra ajudou o time a conquistar 25 títulos: Mundial, Libertadores, Campeonatos Brasileiros e Cariocas.

História de torcedor

Você imagina que um torcedor é tão fanático pelo ídolo que coloca o nome do seu primeiro filho no artilheiro do time? Pois é, este é o caso do empresário Michel Previne, de 44 anos, que idolatra tanto Zico que deu o nome de Arthur ao seu primeiro filho, de nove anos:

“Zico, com toda certeza, é meu ídolo desde que me entendo por gente. Quando meu filho nasceu, eu e esposa decidimos fazer uma homenagem a ele, já que sou fã incondicional dele. Quando o Zico fez um vídeo me agradecendo, pela homenagem em dar o nome do meu filho de Arthur, eu e ele ficamos muito felizes e emocionados. Eu estava apenas esperando uma camisa autografada. A paixão pelo Flamengo é uma tradição que vou passando para meus filhos”, disse Michel.

“Quando o Zico fez um vídeo me agradecendo, pela homenagem em dar o nome do meu filho de Arthur, eu e ele muito felizes e emocionados” disse Michel.

Por falar de paixão de pai para filho, o matemático carioca Alexandre Puglezio, 41, perdeu a contas de quantas vezes foi ao Maracanã. Por ser tão fanático, ele fez duas tatuagens do time, no braço e no antebraço.

Desde quando tinha meus dois anos de idade eu gostava de frequentar o maracanã, no Rio de Janeiro com meu pai e meu irmão mais velho. Tenho duas tatuagens. Uma que é representando a cidade maravilhosa, onde nasci e vivi um bom tempo. Os principais pontos turísticos, dentre eles o Maracanã e o escudo de remo do Flamengo com as iniciais da Fla Vila Velha. Já a outra representando um menino numa favela, pois fui criado numa favela do RJ, com a camisa do Flamengo, o número 10 do Zico e o boné da Fla Vila Velha, onde moro, e já sou praticamente um canela verde”, recorda Alexandre.

“Desde quando tinha meus dois anos de idade eu gostava de frequentar o maracanã, no Rio de Janeiro com meu pai e meu irmão mais velho. Tenho duas tatuagens”, recorda Alexandre.


Outro carioca e flamenguista desde os cinco anos, quando ouvia os jogos pelo rádio com  seu irmão mais velho com a flâmula do time, o médico Pericles de Mont’Alverne Monteiro Bourguignon, 65 anos, está ansioso com a vinda do maior ídolo do Flamengo ao Estado:

“Acompanhei toda a trajetória do Zico. As principais características dele eram: exímio cobrador de falta, lançador e líder em campo. Por isso, chamo ele carinhosamente de rei Arthur. Ele, com toda a certeza, foi o maior ídolo da nossa torcida e do Brasil. Ele era a nossa alegria de domingo. Continua sendo o maior artilheiro do Maracanã. Por tudo, ele é eternizado pela nossa torcida”.

“Acompanhei toda a trajetória do Zico. As principais características dele eram: exímio cobrador de falta, lançador e líder em campo”, reconhece o medico Pericles de Mont’Alverne Monteiro Bourguignon.

“A presença do Zico transcende o ídolo da maior torcida do planeta. Zico é um ser humano sensacional, pai de família, um empresário e um amigo como poucos na vida. Zico, em qualquer situação é assim regida de muitas energias boas. Principalmente a ansiedade e euforia de todos, que querem vê e abraçar este grande ídolo”, menciona o Diretor Esportivo da FAP Eventos Esportivos, Eliton Perini .

“A presença do Zico transcende muito mais que o ídolo da maior torcida do planeta”, menciona o Diretor Esportivo da FAP Eventos Esportivos, Eliton Perini .


Livro
Como ter acesso ao livro é através do Pix: 20.535.154/0001-95 ou Picpay: @eliton.perini
E a retirada do livro é no dia do lançamento.

- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Moderação de comentário está ativada. Seu comentário pode demorar algum tempo para aparecer.

Relacionados

- Publicidade -