quinta-feira, 19 de maio de 2022
20.9 C
Vitória

Menino-prodígio, Gabriel Feijão arrepia nas ondas e inspira pais a surfar

É comum que os filhos se inspirem e sigam o caminho dos pais no esporte. Mas no caso do jovem surfista Gabriel Port Carvalho, mais conhecido como Feijão, foi inverso: o filho levou a mãe e o pai para as ondas. Com apenas 12 anos, Feijão mostra que tem potencial para deslanchar no esporte.

Feijão começou a surfar em 2019, na praia do Solemar, em Jacaraípe, na Serra. O primeiro contado com a prancha foi na Moulin Surf School, onde também funciona o projeto social “Na Onda do Futuro”. A paixão pelo esporte foi à primeira vista, ou melhor, à primeira onda.

“A primeira vez que eu vim surfar foi com um amigo do meu pai. Já no primeiro dia que peguei onda senti uma energia boa e quis ficar até o final. Estou treinando e me preparando para novas competições. Essa energia competidora é muito boa”, disse o prodígio Feijão.

Apesar da pouca idade, o capixaba já compete. No ano passado, conquistou o quarto lugar no Circuito Capixaba de Surfe Sub-12. Agora, o foco é a busca pela ponta do Estadual deste ano, que garante vaga no Brasileiro. Um dos fatores motivadores do surfista é a experiência vivida com outros atletas.

“Estou treinando bastante para o Estadual. Em 2021 tivemos um resultado razoável e este ano nossa expectativa é muito boa. Já surfei com outros atletas de destaque aqui do Estado como o Krystian Kymerson. Essa troca é importante para me passar a realidade dos campeonatos”.

O pequeno surfista tem como inspiração e referência Ítalo Ferreira, campeão olímpico na modalidade nos Jogos de Tóquio 2021, ano em que o surfe foi integrado ao rol de esportes olímpicos. E assim como o ídolo, Feijão tem o sonho de ingressar na elite do surfe mundial.

“Espero chegar no Mundial e também na WSL, a liga Mundial de Surfe.”

Tubo na Barra da Tijuca. Foto: Marcos Talfman
Feijão se prepara para pegar um tubo na praia da Barra da Tijuca (RJ). Foto: Marcos Talfman

Treino e análise de desempenho

Neste ano, Gabriel Feijão começou a ser treinado individualmente pelo técnico Marcos Talfman, um dos frutos do projeto social “Na Onda do Futuro”. Aos 23 anos, o surfista faz um trabalho diferenciado com o jovem atleta, que engloba imagens, vídeos para análise de desempenho e também trabalho de disciplina e foco. Tudo isso alinhado ao skate para ajudar na correção de alguns movimentos.

“Logo de início, o Feijão mostrou muita determinação e tem uma evolução diferente dos meninos da idade dele. Ele tem menos medo, já pegou mares absurdamente difíceis e soube sair de situações adversas. Este ano estamos com o objetivo de se classificar para o Brasileiro”, disse o treinador e surfista Marcos Talfman.

A rotina de treinos é feita durante as quartas, quintas, sextas, sábados e domingos, tanto dentro quanto fora da água. A rotina de Feijão é puxada. Ele acorda cedo, às 5 horas, para ir à praia treinar e depois segue para escola, onde as aulas começam às 7 horas.

Treinador Marcos Talfman

Pais também encaram as ondas

No início, o objetivo dos pais era levar o Feijão para surfar. Mas acabou acontecendo de o pai, Sergio Carvalho, a princípio, também pegar as ondas. Na sequência, a mãe, Gisele Port, também aderiu ao esporte. O que levou uma mudança na rotina de todos. Às 21 horas, a família já está pronta para dormir, já que às 5 horas o trio sai de casa para ir surfar.

“É muito bacana, até para ter uma proximidade maior com o filho. Hoje nós vemos os pais afastados dos filhos, tendo vidas totalmente separadas e eu não quero isso. Mas é como eu sempre falo: o esporte é gratificante, mas apanho demais para acompanhar o ritmo do Feijão”, disse o pai, Sergio Carvalho.

Os pais ainda relataram os benefícios que a prática do surfe trouxeram para suas vidas, após seguir os passos do filho.

“Mudou muita coisa. A disposição para o dia a dia é outra. Dor no corpo já não existe mais. Para mim, o mais gostoso é amanhecer na água e acompanhar o sol nascer”, finalizou a mãe, Gisele Port.

Transformação social por meio do surfe. Conheça a história de Juliano Moulin

- Publicidade -

5 COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Moderação de comentário está ativada. Seu comentário pode demorar algum tempo para aparecer.

Relacionados

- Publicidade -