quinta-feira, 19 de maio de 2022
20.9 C
Vitória

Novo rico do futebol brasileiro, Botafogo enche torcedores de esperança no início da “era Textor”

Um dos times mais tradicionais do futebol carioca, o Botafogo de Futebol e Regatas vive atualmente um período de grande expectativa, principalmente entre os seus torcedores, para voltar a ser um gigante brasileiro. A estreia da equipe, que marca seu retorno à Série A do Brasileirão, acontece neste domingo (10), contra o Corinthians, às 16h, no Estádio Nilton Santos, o Engenhão, no Rio.

Tendo 80% de sua Sociedade Anônima do Futebol (SAF) comprada pelo bilionário americano John Textor, que promete investir cerca de R$ 400 milhões no clube, o alvinegro se tornou um dos novos ricos do futebol brasileiro e quer bater de frente com grandes forças atuais como Palmeiras, Atlético-MG e Flamengo.

Diferentemente dos torcedores, ex-jogadores e ídolos do clube não compartilham da mesma empolgação. O ex-atacante Donizete Pantera e o ex-goleiro Paulo Sérgio acreditam na melhora de desempenho da equipe este ano, porém, ainda não enxergam o alvinegro com reais chances de levantar a taça do Brasileirão 2022.

Nesta reportagem vamos fazer uma espécie de “raio x” do time e mostrar como aconteceu essa mudança de status do Glorioso, já que recentemente o clube estava atolado em dívidas e agora vê a carteira recheada de dinheiro.

Vítor Silva/BFR

O que é SAF?

Modelo que visa modernizar as gestões de futebol do Brasil, a Sociedade Anônima do Futebol (SAF) foi criada pela Lei 14.193/2021 e promulgada em 6 de agosto do ano passado. É uma lei onde os clubes de futebol podem ser transformadas em empresas. Nesta relação, os cartolas dos times teriam que abrir mão do seu poder nos clubes em favor de investidores. Para o negócio ser concluído de fato, deve haver a aprovação do Conselho Deliberativo.

Momento nebuloso

Mas nos últimos anos, a euforia geral de agora não é nada parecida com os sentimentos vividos pelo clube. Três vezes rebaixado para a Série B do Brasileiro (2002, 2014 e 2020), o clube possuía uma dívida que beirava 1 bilhão de reais.

Porém, após negociações com a Procuradoria da Fazenda Nacional para diminuição desse débito, e com a compra da SAF do clube, o Botafogo vê um horizonte glorioso num futuro cada vez mais próximo.

Vítor Silva/BFR

“Era Textor”

Com poder de compra, o Fogão foi ao mercado e se reforçou neste início da “Era Textor”. Chegaram ao clube, antes do início do Brasileirão, o meia Luis Oyama (campeão da Série B pelo clube em 2021), o lateral-direito argentino Saravia (ex-Internacional), o zagueiro Philipe Sampaio (ex-Guingamp-FRA), o volante Patrick de Paula (ex-Palmeiras), o meia-atacante Lucas Piazon (ex-Chelsea) e o atacante Victor Sá (ex-Al Jazira-CAT).

O clube também tem acertos com o zagueiro argentino Victor Cuesta (ex-Internacional) e com o lateral-esquerdo finlandês Niko Hämäläine, que pertencia ao Queens Park Rangers-ING, mas estava atuando por empréstimo ao Los Angeles Galaxy-EUA, da Major League Soccer. O Botafogo ainda busca um meia e um atacante até o dia 12 de abril.

Vítor Silva/BFR

Além desse pacotão de reforços, o clube trouxe para comandar o projeto em 2022 o técnico português Luís Castro, com passagens por Shakhtar Donestk-UCR, Porto, Rio Ave, Vitória de Guimarães e Al Duhail, do Catar, que foi o seu último clube.

Pantera na torcida

Campeão brasileiro pelo Fogão em 1995, além de vários títulos com outras equipes, o ex-atacante Donizete Pantera personificou como poucos a figura da raça dentro de campo com a camisa do Botafogo.

O ex-jogador mantém a confiança de que os tempos áureos do clube possam voltar com a venda da SAF.

“Torço muito pelo sucesso do clube e que esse novo momento do Botafogo possa trazer uma garantia de futuro vitorioso. O Botafogo é grande, histórico, com passagem de grandes jogadores. A gente sonha que essa estrela possa vir a brilhar como sempre foi na época do Garrincha, Maurício, Túlio Maravilha e o Pantera”, disse.

Gazeta Press

Sobre o elenco montado, Donizete acredita que ainda faltam nomes de grande impacto e vê a necessidade de um projeto à longo prazo antes de pensar em título.

“Faltam jogadores que chamam mais a atenção, que chamam a responsabilidade. Mas ainda estou vendo algumas equipes à frente do Botafogo. Não digo pra este ano, mas pro ano que vem o time estará bem mais forte por causa de todo o processo. Os novos donos irão conhecer mais o clube, o time. Acredito que o Botafogo está trazendo atletas para fazer um grande campeonato, mas não é uma equipe que está preparada para ser campeã brasileira”, afirmou.

Paredão com os pés no chão

Goleiro com passagem pela Seleção Brasileira e com a Copa do Mundo de 1982 no currículo, Paulo Sérgio teve seu maior destaque na carreira justamente defendendo o clube da Estrela Solitária, entre os anos de 1980 e 1984.

O comentarista esportivo vê o momento atual do clube como de transformação, mas acompanha de forma mais comedida a empolgação da torcida com os nomes que foram contratados para o Brasileirão.

“O momento é de expectativa, porque o time que jogou o Carioca era muito fraco e a própria torcida estava preocupada. Mas agora com a chegada do Patrick de Paula, chegou o Cuesta e vários outros jogadores de qualidade, isso vai empolgando os torcedores. Claro que no decorrer do campeonato o time vai se entrosar, dar a resposta, porque este momento é de transição”.

Montagem MovNews

Mesmo assim, Paulo Sérgio faz uma projeção bem realista e não vê o clube brigando por título. Pelo menos neste início de controle por parte dos novos donos. Mas para o futuro, o ex-goleiro vislumbra o Fogão brigando lá em cima.

“A projeção é com o pezinho no chão, de brigar pela Sul-Americana. Passou disso, o que vier é lucro, para este primeiro momento. A partir daí sim, daqui a um ano, dois anos, buscar coisas maiores. Mas as coisas são gradativas, não adianta ir de zero para cem. Tem que ir construindo e o caminho é esse. O pessoal que está cuidado do clube é do ramo, está com muito pé no chão e sabem que as coisas não acontecem da noite pro dia”, finaliza.

 

- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Moderação de comentário está ativada. Seu comentário pode demorar algum tempo para aparecer.

Relacionados

- Publicidade -