sexta-feira, 19 de agosto de 2022
24.9 C
Vitória

[Vídeo] Vitória: capital recebe 1ª Taça Espírito Santo de Remo de Praia

Domingo, dia 11 de julho de 2021, e a Praia de Camburi, em Vitória, recebe a 1ª Taça Espírito Santo de Remo de Praia, uma nova modalidade que pode estrear nos Jogos Olímpicos de 2028, em Los Angeles. Com cerca de 80 atletas inscritos, a competição chamou a atenção de quem curtia um domingo de sol na capital capixaba.

Sob os olhares atentos de espectadores, familiares e, claro, dos árbitros, remadores e remadoras se lançam às águas que formam ondas a quebrar na areia, um obstáculo natural que exige mais preparo, equilíbrio e atenção.

A disputa, no entanto, começa já em terra firme. Os atletas correm uma distância de 50 metros até os barcos. E já devidamente acomodados, com auxílio, hora de enfrentar as ondas.

Assista a matéria na íntegra:

Alguns detalhes interessantes sobre os barcos: eles são mais largos que o tradicional Single Skiff, uma adaptação para dar mais estabilidade no balanço da maré, com uma abertura até a popa, além de possuir uma quilha um pouco maior que as utilizadas em competições em águas paradas.

Cada uma das duas raias tem 250 metros. Os remadores navegam em slalom, zigue-zague entre boias até o final do percurso e retornam à praia. Depois saltam dos barcos, rodeiam um cone na areia, e correm de volta ao início da prova, onde o segundo remador da dupla aguarda para realizar a sua parte do mesmo roteiro.

A 1ª Taça Espírito Santo de Remo de Praia é também a primeira competição da modalidade realizada no Brasil. Em parceria com a Federação de Remo do Espírito Santo (FEARES), a Confederação Brasileira de Remo (CBR) topou o desafio de organizar a competição inaugural em Vitória, por conta das facilidades que a cidade oferece – muitos hotéis na orla, um aeroporto perto e o mar tranquilo de Camburi. Tudo perfeito para um grande teste.

Com a expectativa de se tornar esporte olímpico nos Jogos de Los Angeles 2028, o remo costal precisa ganhar força e mais adeptos. Assim, participaram da competição equipes do Álvares Cabral, Saldanha da Gama, Caxias, Amares (Associação Master Remo do Espírito Santo) e Flamengo, clube do Rio de Janeiro que é um dos pioneiros na modalidade no Brasil. Os atletas participantes são das categorias Júnior, Sênior e Masters 1 e 2, masculino e feminino.

A 1ª Taça Espírito Santo de Remo de Praia marcou o retorno das competições a Vitória, que não recebia uma prova nacional de remo desde 2005 – um hiato de 16 anos.

- Publicidade -

4 COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Moderação de comentário está ativada. Seu comentário pode demorar algum tempo para aparecer.

Relacionados

- Publicidade -