quarta-feira, 10 de agosto de 2022
24.4 C
Vitória

Caboclo é afastado por 30 dias da presidência da CBF

Acusado de assédio moral e sexual por uma funcionária da Confederação Brasileira de Futebol (CBF), o agora ex-presidente da entidade Rogério Caboclo foi afastado do cargo por trinta dias neste domingo (6), após uma determinação da Comissão de Ética do Futebol Brasileiro. Após ser notificada da decisão, a CBF divulgou uma nota confirmando o afastamento.

Confira a nota na íntegra:

“A CBF informa que recebeu na tarde deste domingo, 6, decisão da Comissão de Ética do Futebol Brasileiro suspendendo temporariamente (pelo prazo inicial de 30 dias) o Presidente Rogério Caboclo do exercício de suas funções. Seguindo o Estatuto da entidade, toma posse interinamente, por critério de idade, o vice-presidente Antônio Carlos Nunes de Lima. A decisão é sigilosa e o processo tramitará perante a referida Comissão, com a finalidade de apurar a denúncia apresentada.”

O vice-presidente mais velho da CBF, Antônio Carlos Nunes, assume durante o período de afastamento. Em meio a inúmeras especulações e polêmicas envolvendo a realização da Copa América no Brasil, o episódio do assédio que veio a tona ajudou a acelerar o processo. Caboclo nega todas as acusações .

- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Moderação de comentário está ativada. Seu comentário pode demorar algum tempo para aparecer.

Relacionados

- Publicidade -