sábado, 25 de maio de 2024
22.1 C
Vitória

Espírito Santo deve ganhar um Observatório Capixaba da Água e do Meio Ambiente

O Espírito Santo vai receber nos dias 13 e 14 de março diversos especialistas e referências no saneamento público e na água como um direito, que participarão como debatedores e palestrantes durante o Seminário Saneamento e Meio Ambiente “Água em Disputa: Rede de Saberes em defesa do Meio Ambiente”. O evento é uma iniciativa do Sindicato dos Trabalhadores de Água, Esgoto e Meio Ambiente do Espírito Santo (Sindaema) e do Instituto Ondas, com apoio do Sindicato dos Servidores Públicos do Espírito Santo (SindiPúblicos).

Dentre os assuntos pautados para este evento estão os riscos da privatização dos serviços de saneamento, a mercantilização da água e a criação de um Observatório Capixaba da Água e do Meio Ambiente.

“A população mais vulnerável é quem mais sofre com a privatização dos serviços de saneamento. Quando o acesso à água deixa de ser um direito e passa a ser regida, como uma mercadoria, pelo lucro das empresas privadas, os serviços além de encarecidos, não chegam aonde precisam estar. Com o Observatório Capixaba, além do controle dessas situações, vamos acumular dados e informações para embasar ainda mais a defesa da água como um bem público e contra a privatização”, destaca o presidente do Sindaema, Fábio Giori.

Durante o Seminário será lançado um manifesto de criação do Observatório Capixaba da Água e do Meio Ambiente. O evento acontecerá no Auditório do IC 2, na Universidade Federal do Espírito Santo (Ufes).

Confira a programação:
Dia 13 de Março

Mesa de Abertura: Representantes de Instituições e Lideranças Públicas | 18h30

Painel Principal: A resistência popular em defesa da água | 19h30 | Com Thiago Ávila (mediador), comunicador e ativista socioambientalista; e Oscar Oliveira, liderança sindical da Bolívia e referência na luta contra a privatização.

Coquetel: 21h

Dia 14 de Março

Mesa 1: Mercantilização da água: da flexibilização da política de meio ambiente à privatização do saneamento | 9h00 | Com Eduardo de Sá Barreto, professor da UFF e autor de “O capital na Estufa: para a crítica da economia das mudanças climáticas”; e Suyá Quintslr, professora da UFRJ.

Painel Especial: Água e Gênero: Saneamento e saúde | 11h00 | Com Dalila Calisto, pedagoga e militante da Coordenação Nacional do MAB.

Mesa 2: Lutas populares e saberes em rede: A organização do conhecimento contra a mercantilização da água e a criação do Observatório Capixaba da Água e do Meio Ambiente | 14h00 | Com Merci Fardin, membro do GT Água e Assessor do Sindaema; Edson Aparecido, diretor do Instituto Ondas; e Winnie Overbeek, integrante do Movimento Mundial pelas Florestas Tropicais (WRM)

Sessão Cinema: Apresentação do documentário Duas Bocas | 16h30 | seguido de conversa com Leonardo Merçon, do Instituto Últimos Refúgios.

Café de Despedida: 17h30

Serviço:
Água em Disputa: Rede de Saberes em Defesa do Meio Ambiente

Data: Dias 13 e 14 de março de 2024

Local: Auditório do IC 2, no CCHN / UFES, campus Goiabeiras, Vitória/ES.

 

- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Relacionados

- Publicidade -