ES tem 11,36% da população vacinada contra a Covid-19 com as duas doses

73938Nas últimas 24 horas, 26.577 pessoas foram vacinadas, no total de primeira e segunda dose

 ES tem 11,36% da população vacinada contra a Covid-19 com as duas doses

Vacinação contra o covid para idosos na Unidade de Saúde em Santo Antônio – Crédito: Elizabeth Nader/PMV

Até a quinta-feira (10), 1.190.023 pessoas receberam a primeira dose da vacina contra a Covid-19 no Espírito Santo, mais 23.545 nas últimas 24 horas. O total representa 29,28% da população.

A segunda dose do imunizante foi aplicada em 461.836 cidadãos, mais 3.032 no intervalo. O número equivale a 11,36% do contingente populacional do estado e 38,81% do número de pessoas que já receberam a primeira dose.

Nas últimas 24 horas, 26.577 pessoas foram vacinadas, no total de primeira e segunda dose.

O Estado recebeu do Ministério da Saúde 2.171.945 doses de vacinas, das quais 2.047.469 já foram distribuídas para os municípios.

As vacinas aplicadas são a CoronaVac, do Instituto Butantan e o laboratório Sinovac, a desenvolvida pela parceria Oxford/AstraZeneca, chamada Covishield, e também a vacina da Pfizer.

Na próxima semana, deve chegar ao Brasil e ao Espírito Santo a primeira remessa do imunizante da Janssen, braço farmacêutico da empresa Johnson & Johnson. A vacina é aplicada em dose única.

ES entre os que mais vacinam em primeira dose

De acordo com informações do Consórcio de Imprensa, com dados das secretarias estaduais de saúde, o Espírito Santo é o terceiro que mais aplicou a primeira dose no país, tendo ultrapassado São Paulo nos últimos dias. Na frente, apenas o Mato Grosso do Sul (34,52%), Rio Grande do Sul (31,31%). Quanto a segunda dose, é o 8°.

O número de pessoas no grupo prioritário agora é de 1.597.636. Para a primeira dose, foram destinadas 1.467.872 doses, o que corresponde a 92% da cobertura. Desse total distribuído, 81,07% delas já foram aplicadas na população capixaba.

Para a segunda aplicação, 657.550 doses, o que dá 57% da cobertura. O Espírito Santo aplicou 70,23% da quantidade disponível. Estes números estão disponíveis no Painel de Vacinação.

No Brasil

Ao todo, 52.790.945 brasileiros receberam a primeira dose, mais 944.016 nas últimas 24 horas, o que corresponde a 24,93% da população do país. Das doses distribuídas aos estados, 52,3% foram aplicadas.

Quanto a segunda dose, 23.520.981 pessoas tomaram, mais 102.656 nas últimas 24 horas, o que significa que 11,11% dos brasileiros estão totalmente imunizados. Ao todo, 23,3% das doses distribuídas aos estados.

Isso quer dizer que 1.046.672 doses foram aplicadas no Brasil neste período. Desde o início da pandemia, o total de doses aplicadas é de 76.311.926.

As informações são do Consórcio de Imprensa (formado por G1, O Globo, Extra, UOL, Estado de São Paulo e Folha de São Paulo), com dados das secretarias estaduais de saúde.

No mundo

Mais de 2,26 bilhões de doses foram aplicadas em 176 países, de acordo com a Covid Vaccine Tracker, da Bloomberg, cerca de 34,8 milhões de doses por dia.

A empresa estimou o prazo para que o Brasil tenha 75% da população vacinada: apenas daqui nove meses (em março de 2022), seguindo o ritmo atual. Até o momento, 18,1% de cobertura no país.

Por exemplo, Estados Unidos, com 306 milhões de pessoas vacinadas, têm previsão para atingir a cobertura em cinco meses, em novembro. Atualmente, está em 47,7%. O país teve uma queda na média de aplicação diária de doses. No entanto, pela alta cobertura, já permite que em determinados espaços pessoas possam circular sem máscaras.

O Reino Unido, com 69,7 milhões de vacinados, espera que daqui a dois meses, em agosto, possa ter 75%. No momento, 52,2% da população coberta pela vacinação.

Em estágio mais avançado, na América do Sul, o Chile pode ter o mesmo índice em agosto. Atualmente, o país possui doses suficientes para 20 milhões de habitantes, o que dá a cobertura de 52,4% da população.

Uruguai pode ter 75% da população coberta também daqui a dois meses. Atualmente, há doses para cobrir 3,17 milhão, o que corresponde a 45,1% do contingente populacional.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *