sábado, 24 de fevereiro de 2024
26.6 C
Vitória

Festival Sérgio Sampaio celebra 50 anos do LP “Eu quero é botar meu bloco na rua”

Para celebrar meio século do lançamento de um dos álbuns mais emblemáticos da história fonográfica brasileira, “Eu quero é botar meu bloco na rua”, o Sesc Glória receberá a 17ª edição do Festival Sérgio Sampaio, nesta sexta-feira (15) e sábado (16).

Os fãs do “Velho Bandido” terão duas noites para mergulhar nas obras do cachoeirense conhecido por ser o “poeta do riso e da dor”. A programação conta com o tradicional Bate-papo Musical de abertura, na sexta-feira (15), a partir das 19h30.

Desta vez, os convidados são o jornalista paulistano, pesquisador e cineasta Hugo Moura, que está realizando o filme “Sinceramente, Sérgio”, uma biografia contada e cantada do artista; e André Prando, cantor e compositor que tem forte ligação com a história do festival, do qual participa há exatos dez anos (desde 2013).

Apresentação

Moura anda imerso há alguns anos na busca de registros audiovisuais de Sampaio, espalhados por todo o país. Na fase final de produção e realização desse projeto, o cineasta paulista tem muitas histórias para contar para todo o público do festival. Já Prando é considerado um dos melhores intérpretes das canções de Sampaio.

Para encerrar a programação, no sábado (16), a partir das 19h30, sobe ao palco do Sesc Glória a Orquestra Pop&Jazz do Ifes, sob a regência de Célio Paula da Costa, fundador do grupo e regente há mais de 30 anos. O espetáculo fará um passeio por todo o cancioneiro sampaísta, com um repertório escolhido e arranjado, cuidadosamente, que será interpretado por solistas cantores do nosso Estado.

História

O dia 16 de setembro também é uma data marcante na carreira do artista cachoeirense. Foi neste dia, em 1972, que Sampaio lançava para todo o Brasil a emblemática “Eu Quero É Botar Meu Bloco Na Rua”, contra a repressão da Ditadura Militar, no VII Festival Internacional da Canção, exibido ao vivo para todo o país, direto do Maracanãzinho, no Rio de Janeiro.

Mesmo louvado por crítica e público, Sérgio perdeu o festival para Jorge Ben, com “Fio Maravilha” (apresentada por Maria Alcina), que, na época, estava apenas se lançando no mercado fonográfico.

Os ingressos para o festival já estão à venda na plataforma online e custam R$ 20,00 (inteira), R$ 12,00 (conveniado e empresário do comércio) e R$ 10,00 (meia-entrada, meia-entrada solidária + 1kg de alimento não perecível, comerciário e dependente).

Festival Sérgio Sampaio/ Mostra de Música

Bate-papo Musical com Hugo Moura e André Prando

  • Data: sexta-feira (15)
  • Local: Teatro Glória, Sesc Glória
  • Horário: 19h30
  • Classificação: livre
  • Duração: 120 minutos
  • Ingressos: Sesc Gloria

Receba as principais notícias do dia no seu WhatsApp! Basta clicar aqui

- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Relacionados

- Publicidade -