sábado, 24 de fevereiro de 2024
29.4 C
Vitória

Espetáculo solo “Batinga” estreia neste fim de semana no Centro de Vitória

Neste sábado (26), a Homem Cia de Dança realiza a estreia do espetáculo solo “Batinga”, com o bailarino e coreógrafo Elidio Netto. Com entrada gratuita, a apresentação acontece às 16h, no pátio da Igreja de Nossa Senhora do Rosário, no Centro de Vitória.

O artista, que também é investigador de culturas da diáspora africana, afirma que o espetáculo propõe compartilhar o poder dos saberes ancestrais que lhe foram transmitidos por sua avó, Dona Maria Pedreira. “Foram esses ensinamentos que me situaram como homem preto no mundo da dança contemporânea. Ao longo dos últimos 30 anos, desde que saí da cidade de Muniz Freire, trago comigo legados resistentes e inquietos que estão em constante reinvenção”, diz Elidio Netto.

Nascido em Alegre, no sul do estado, o artista conta que se lembra com felicidade de ter nascido em meio às expressões culturais de matriz africana. “Minha avó, benzedeira do Caparaó, curava quebranto, vento virado e outras moléstias usando arruda, guiné, alecrim, espada-de-são-jorge e uma infinidade de ervas que, às vezes, a mando dela, eu ia no mato buscar”, relembra.

Com Dona Maria Pedreira, Elidio conta, aprendeu a rezar o terço, o rosário, a fazer paçoca no pilão, a apanhar café no próprio quintal, buscar lenha na mata, carregar lata d’água do rio, a tirar batinga no rio para passar no fogão a lenha, a gostar dos festejos de reinado.

“Com a ajuda dela, fui me transformando em corpo-semente-sementeira, corpo singular-plural em transmutação instantânea e efêmera, território fértil que agrega anseios, reconecta ancestralidade, fricciona afeto e conclama para engajamento emergente. Corpo-saber, anúncio de um cheiro de manacá, um pé que ficava à beira da porta de entrada da casa. Composto infinito de possibilidade para cura de um corpo que atravessa saberes”, afirma.

A escolha do pátio da Igreja de Nossa Senhora do Rosário como palco desse espetáculo, de acordo com ele, está pautada na ancestralidade da força que move esse local. “Nesse mesmo pátio, foi construída a casa de leilão que tinha como objetivo arrecadar recursos para a alforria dos escravizados. Também nesse espaço foi construído o primeiro cemitério que garantiu um enterro digno para os meus irmãos e irmãs pretos e pretas”, ressalta.

Sobre o artista

Elidio Netto é idealizador e realizador do Atelier de Dança Negra Capixaba, projeto que tem como principal finalidade promover a valorização das danças afro-orientadas – contemporâneas, tradicionais e patrimoniais – com base, principalmente, na filosofia geradora do trabalho artístico da Homem Cia de Dança e do grupo NegraÔ, utilizando abordagens corporais que permeiam e orientam sua pesquisa coreográfica e pedagógica.

Espetáculo solo de dança “Batinga” – com Elidio Netto

  • Quando: sábado (26)
  • Horário: às 16h (é recomendável chegar com 10 minutos de antecedência)
  • Local: Igreja de Nossa Senhora do Rosário, Rua do Rosário, 135, Centro de Vitória

Receba as principais notícias do dia no seu WhatsApp! Basta clicar aqui

- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Relacionados

- Publicidade -