quinta-feira, 7 de julho de 2022
26 C
Vitória

Reviravolta: Ricardo Eletro tem falência suspensa pela Justiça

Em uma revirada volta judicial a 2ª Câmara Reservada de Direito Empresarial de São Paulo determinou a suspensão da decretação da falência da Ricardo Eletro, e sua controladora Máquina de Vendas Brasil, de maneira que a empresa poderá voltar a avançar em seu processo de recuperação judicial.

A Justiça de São Paulo havia decretado na quinta-feira (9) a falência da Máquina de Vendas, dona da marca Ricardo Eletro. Na noite de sexta (10), o decreto foi suspenso por um despacho da 2ª Câmara Reservada de Direito Empresarial de São Paulo, segundo o jornal Folha de S.Paulo.

O relator, o desembargador Maurício Pessoa, afirmou no despacho que o processo de recuperação judicial deveria prosseguir. A empresa já foi uma gigante do varejo, com mais de 1.200 lojas, faturamento de R$ 9,5 bilhões e 28 mil funcionários.

Fundada pelo empresário Ricardo Nunes, em 1989, a companhia enfrentou uma série de dificuldades financeiras. O desembargador Maurício Pessoa, relator do caso, afirma que mesmo que os fundamentos do recurso da empresa não sejam tão relevantes, “não se pode perder de vista haver inequívoco e inafastável periculum in mora (perigo na demora), na medida em que a manutenção da quebra poderá gerar danos irreversíveis, comprometendo a instrumentalidade recursal e o próprio direito das agravantes”.

A suspensão da decisão é válida até o julgamento deste recurso pelo colegiado em segunda instância. A Ricardo Eletro hoje tem apenas um e-commerce, mas com poucos produtos disponíveis. Existem várias categorias no site, mas muitas delas não têm nenhum item à venda. É o caso dos eletrodomésticos, que eram o produto principal da companhia. Todas as lojas físicas foram fechadas em 2020.

Depois de a empresa atingir faturamento de R$ 9,5 bilhões, em 2014, os problemas financeiros começaram, coincidindo com o período de recessão econômica do Brasil. Em 2018, veio a recuperação extrajudicial —graças aos bilhões em empréstimos tomados com bancos e fornecedores. O processo tinha como objetivo recuperar a saúde financeira da empresa, para que ela voltasse as trilhos.

- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Moderação de comentário está ativada. Seu comentário pode demorar algum tempo para aparecer.

Relacionados

- Publicidade -