quinta-feira, 7 de julho de 2022
26 C
Vitória

Brasil cria 197 mil empregos formais aponta CAGED

O Brasil criou 196.966 postos de trabalho com carteira assinada no mês de abril. A informação foi divulgada nesta segunda-feira (6), pelo Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), do Ministério do Trabalho e Previdência Social. O órgão reúne o total de admissões e desligamentos mensalmente.

O desempenho de abril é fruto de 1.854.557 novos contratos e de 1.657.591 demissões no mercado formal. No acumulado do ano de 2022, o saldo de postos de trabalhos criados é de 770.593. O quarto resultado positivo consecutivo.

O resultado vem na esteira do número positivo do primeiro trimestre, que registrou saldo de 615.173 empregos, apesar do indicativo de desaceleração em relação ao desempenho de 2021. No primeiro semestre, o ano anterior registrou saldo de 805,1 mil.

De acordo com o Caged, pelo menos quatro dos cinco setores pesquisados tiveram resultados positivos para a geração de vagas. O único negativo foi no setor agropecuário.

  • serviços: 117.007;
  • comércio: 29.261;
  • indústria: 26.378;
  • construção: 25.341;
  • agricultura: -1.021.

Em relação às regiões, houve registro de criação de vagas em todo país. Os novos empregos foram puxados pelos estados do Sudeste: São Paulo, que criou 53.818 postos, Rio de Janeiro, com 22.403 vagas, e Minas Gerais, com 20.059 novos postos. Em contrapartida, fecharam vagas Pernambuco (- 807) e Alagoas (-141).

O governo também informou que o salário médio de admissão foi de R$ 1.906,54 em abril deste ano, o que representa alta real, com os valores sendo corrigidos pelo INPC, de R$ 15 em relação a março (R$ 1.891,54).

- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Moderação de comentário está ativada. Seu comentário pode demorar algum tempo para aparecer.

Relacionados

- Publicidade -