quarta-feira, 10 de agosto de 2022
24.4 C
Vitória

Ginecologista suspeito de abusar de 15 mulheres em São Mateus é indiciado por violação sexual

O médico ginecologista Gedison Luis Gonçalves, de 46 anos, foi indiciado por violação sexual. Ele foi preso preventivamente na última sexta-feira (6), durante a operação “Marias”, suspeito de abusar sexualmente de pacientes durante consultas particulares e públicas em São Mateus, no norte do espírito Santo. Pelo menos 15 mulheres relataram terem sido abusadas pelo médico.

O inquérito foi conduzido pela Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher (Deam), e os detalhes foram apresentados na tarde desta sexta (13), em coletiva de imprensa na Chefatura de Polícia Civil, em Vitória.

O delegado-geral da Polícia Civil, José Darcy Arruda, explicou porque o suspeito não pode ser indiciado pelo crime de estupro. “O estupro é toda relação sexual não consentida. A diferença da violação sexual mediante a fraude é que ele engana e envolve uma pessoa para que ela permita achar que aquilo é uma verdade”, explicou o delegado-geral.

O início da investigação se deu quando, há um mês, a equipe da Deam de São Mateus recebeu a primeira denúncia de uma paciente do médico ginecologista. Ela havia relatado que, durante o exame, ele teria abusado dela. Depois de ter ciência, a equipe começou a investigar e encontrou mais duas vítimas, que foram essenciais para conseguir o mandado.

“Depois das matérias que saíram na imprensa sobre a prisão dele, apareceram 12 vítimas. No total, foram 15 mulheres, sendo cinco grávidas. Os atendimentos eram públicos e particulares e, os primeiros abusos, são desde o ano de 2019. Ele aproveitava o fato de ser médico, achando que sairia impune”, conta a titular da Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher (Deam) de São Mateus, delegada Gabriella Zaché dos Santos.

O Inquérito Policial foi concluído e será remetido à Justiça. Um segundo inquérito será instaurado para identificar outras possíveis vítimas.

- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Moderação de comentário está ativada. Seu comentário pode demorar algum tempo para aparecer.

Relacionados

- Publicidade -