segunda-feira, 16 de maio de 2022
23.9 C
Vitória

Prefeitura apresenta projeto de ciclovia na Avenida Rio Branco, em Vitória

O modelo prevê um piso drenante para a via, que corta os bairros Praia do Canto e Santa Lúcia e liga a Avenida Leitão da Silva à Ponte Ayrton Senna

A Avenida Rio Branco pode ganhar uma ciclovia. De acordo com o projeto apresentado nesta quarta-feira (10) pela Prefeitura na Comissão de Mobilidade Urbana da Câmara de Vereadores, o corredor exclusivo para ciclistas será construído no canteiro central da via, uma das mais movimentadas da cidade. O trecho corta os bairros Praia do Canto e Santa Lúcia e liga a Avenida Leitão da Silva à Ponte Ayrton Senna.

O modelo sugere que avenida se torne uma “via de bairro”, como destacou o secretário de Desenvolvimento da Cidade (Sedec), Marcelo de Oliveira, a intervenção deve ainda aumentar em 20 cm a largura das vagas de estacionamento dos veículos, que serão deslocadas do lado direito da avenida para a esquerda, junto à ciclovia.

“Será uma via de bairro. O estacionamento tem cerca de 2 metros. Vamos aumentar para 2 metros e 20 centímetros. Aumenta também a proteção do motorista. O carona vai descer no lado de rolagem, mas com um estacionamento mais largo. Ele não desce diretamente na pista de rolagem”, disse Marcelo.

Crédito: Divulgação/CMV

O explicou que, a pedidos dos moradores e comerciantes da avenida, não haverá redução do número de vagas de estacionamento. Pelo contrário, haverá o acréscimo de uma vaga, passando das atuais 174 para 175, que serão deslocadas da direita para a esquerda da via, junto à ciclovia.

Presente no debate no colegiado, o engenheiro e estudioso do tema mobilidade urbana Luis Carlos Meneses defendeu a proposta do Executivo, resultado de discussões com os moradores. “Há consenso de que a ciclovia será no canteiro central. O ciclista vai trafegar com mais segurança. O projeto é muito bom. A Praia do Canto vai receber uma boa ciclovia. Ela será convidativa ao ciclista e ao que não é”, analisa.

Luís Carlos Menezes, engenheiro, Armandinho Fontoura, presidente da Comissão de Mobilidade Urbana da Câmara de Vitória, e Marcelo de Oliveira, secretário de Desenvolvimento da Cidade – Crédito: Divulgação/CMV
- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Moderação de comentário está ativada. Seu comentário pode demorar algum tempo para aparecer.

Relacionados

- Publicidade -