quarta-feira, 18 de maio de 2022
25.9 C
Vitória

Ação integrada impede realização de bloco clandestino no Triângulo das Bermudas, em Vitória

Operação deve permanecer durante a noite deste sábado e terá continuidade em todo o período de carnaval, segundo a prefeitura

Um bloco de carnaval clandestino previsto par ter início às 15h deste sábado (6), na Praia do Canto, em Vitória, foi impedido de ser realizado pela Guarda Municipal. Divulgado nas redes sociais, o evento aconteceria na região do “Triângulo das Bermudas”.

As forças de segurança promoveram uma ação integrada de fiscalização no local desde às 14h, com atuação cojunta da Guarda de Trânsito, fiscais de postura e do disque-silêncio da Prefeitura, que montaram uma blitz próximo aos acessos à área que receberia o evento clandestino, na avenida Saturnino de Brito.

Também foi empenhada uma ação de conscientização nas ruas próximas prevenir aglomerações e outras irregularidades, além de monitorar a presença de ambulantes e carros de som. A operação deve permanecer durante a noite deste sábado e terá continuidade em todo o período de carnaval, segundo a prefeitura.

O secretário Municipal de Segurança Urbana (Semsu), Ícaro Ruginski, afirmou que a operação foi motivada, em parte, por denúncias da população, além da necessidade natural de se evitar aglomerações e tumultos para impedir a disseminação do coronavírus.

“A Secretaria (Semus) já vem realizando esse tipo de blitz como forma de prevenção e fiscalização. Além da pandemia, vale lembrar que em outros anos, a Praia do Canto já sofreu com a realização de festas clandestinas em período de Carnaval, que reuniram milhares de pessoas sem a menor estrutura, e as consequências foram terríveis”, destacou.

Equipes da Guarda Civil Municipal Comunitária e de Trânsito junto à SEDEC e o Disque-silêncio em abordagem na Praia do Canto (Foto: Leonardo Silveira/Secom-PMV)

Ruginski também comentou sobre a abordagem de conscientização da população. “Hoje nossa ação está abordando as pessoas, realizando uma conscientização e orientando os estabelecimentos a adotarem medidas adequadas ao atual momento”, completou.

A ação contou ainda com a presença do prefeito da de Vitória, Lorenzo Pazolini, que ressaltou a necessidade do que chama “choque de ordem” para combater ocupações irregulares no local e a violência.

“Infelizmente é fácil encontrar notícias em um passado bem recente de desordem nesta região onde estamos agora. É preciso um firme choque de gestão para a reordenação do solo urbano e também enfrentamento da violência”, disse o prefeito.

Secretário de Segurança de Vitória, Ícaro Ruginski, durante ação que evitou realização de bloco clandestino (Foto: Leonardo Silveira/Secom-PMV)
- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Moderação de comentário está ativada. Seu comentário pode demorar algum tempo para aparecer.

Relacionados

- Publicidade -