quarta-feira, 18 de maio de 2022
25.9 C
Vitória

Vila Velha fará diagnóstico para medir nível de aprendizagem dos alunos

Em Vila Velha, os alunos matriculados nas 108 escolas municipais devem passar por uma avaliação diagnóstica da rede de educação. O plano pretende medir os danos de aprendizagem que a pandemia proporcionou como consequência do período de afastamento presencial e ensino remoto. 

Para os pais e responsáveis, a iniciativa vem agregar a todo o ensino que ficou um precário devido a repentina e forçada mudança na aprendizagem dos alunos. A vendedora e mãe de uma criança no ensino fundamental, Camila Souza, 32, confirmou a necessidade de uma análise do que foi aprendido pelo filho nesse período de afastamento presencial. 

“Essas avaliações ajudam muito, ainda mais depois de as crianças terem passado tanto tempo estudando em casa. Meu filho nunca fez essa avaliação e eu acho que isso vai ajudar a recuperar um pouco do que perdeu. Mesmo com os professores se dedicando, aprender pela internet era mais complicado”, opinou.

A proposta de avaliação diagnóstica faz parte do projeto “Alfabetiza Vila Velha” e está dentro da programação de educação do futuro do município. A iniciativa será realizada por meio de provas que serão aplicadas durante o mês de fevereiro para a análise de fluência que objetiva saber se o aluno está conseguindo ler e interpretar.

Como acontecerá

As análises diagnósticas terão questões objetivas de Língua Portuguesa e Matemática e a quantidade de questões e periodicidade se alteram de acordo com cada segmento. A primeira avaliação diagnóstica da rede será aplicada até 30 dias após o início do ano letivo, que foi no dia 7 de fevereiro.

O planejamento de aplicação do diagnóstico será feito pela unidade de ensino. As provas poderão ser alteradas para a Educação Infantil, Educação Especial e Educação de Jovens e Adultos, a fim de preservar a individualidade de cada aluno. O formato padrão será para o Ensino Fundamental Anos Iniciais (1º ao 5º anos) e para os anos finais (6º ao 9º anos) as provas serão padrão para cada turma.

A gerente de Tecnologia Educacional, Inovação e Avaliação da Prefeitura de Vila Velha, Paula Vivaldi explicou como serão avaliados os resultados após a aplicação dos exames diagnósticos. Segundo ela, não haverá resultado de pontuação e sim de facilidade em compreender os conteúdos apresentados nas questões objetivas. 

“Não tem nota, o que vai ser feito é por habilidade. Se está eficiente, mais que suficiente e ele precisa aprimorar, serão por conceitos. Vamos dar ênfase para estudantes que não atingiram o conceito suficiente ou eficiente. Esses alunos terão um plano de ação mais voltado para aprendizagem e superação dessas habilidades. Assim que eles atingirem a eficiência conforme a gente espera, outros alunos vão se agrupando de forma dinâmica”, exemplificou.

A partir da avaliação, os resultados devem identificar as necessidades dos alunos para uma melhora de aprendizagem através do ensino focado no déficit apresentado e também, a implementação de diretrizes pedagógicas no ano letivo. 

A Prefeitura do município também explica que após a avaliação de diagnóstico as unidades de ensino terão acesso a um relatório referente a quais habilidades já estão consolidadas entre os estudantes ou que ainda não estão consistentes.

Importância da participação dos pais

Para que seja possível, a gerente de Tecnologia Educacional, Paula Vivaldi relata que as escolas estão fazendo uma campanha interna para motivar os estudantes a realizarem uma avaliação diagnóstica e para que os pais e responsáveis estejam presentes nas atividades educacionais dos filhos. 

“Acreditamos que a ajuda dos pais é um estímulo na busca por alternativas para tirar as dúvidas no aprendizado, porque muitas vezes os pais não conseguem tirar as dúvidas dos filhos, mas ele conhece alguém que pode ajudar, então essa busca por ajuda, fora da sala de aula também, já é um caminho de segurança para que a criança continuar nessa parte da aprendizagem”, concluiu. 

Entenda o projeto Alfabetiza Vila Velha

Para 2022, a  Secretaria Municipal de Educação lançou o projeto Alfabetiza Vila Velha com o objetivo de intensificar o trabalho pedagógico com ações e estratégias que potencializam a alfabetização de crianças. A iniciativa foi desenvolvida para atender os alunos do 1º ao 5º ano do Ensino Fundamental, com foco nas disciplinas de Língua Portuguesa e Matemática.

O projeto pretende elevar os índices de rendimento escolar dos estudantes. Para acompanhar o desenvolvimento dos alunos serão realizadas durante o ano as avaliações diagnósticas para os alunos do 1º a 9º ano.

 

- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Moderação de comentário está ativada. Seu comentário pode demorar algum tempo para aparecer.

Relacionados

- Publicidade -