sábado, 25 de maio de 2024
26 C
Vitória

Censo 2022: quase metade da população capixaba vive na Grande Vitória

O número de habitantes da Região Metropolitana da Grande Vitória chegou a 1.880.828 pessoas em 2022, o que representa cerca de 49% da população capixaba. Os dados fazem parte do estudo IJSN no Censo 2022: Análise da População das Regiões Metropolitanas, elaborado pelo Instituto Jones dos Santos Neves (IJSN) e disponível no site.

O levantamento foi feito a partir dos primeiros resultados do Censo 2022, apresentados pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). O documento tem como foco os territórios das 15 Regiões Metropolitanas (RMs) do Brasil, estabelecidas por lei, e apresenta dados sobre sua população e respectivos domicílios.

Segundo a coordenadora de Estudos Territoriais do Instituto Jones, Mariana Paim, os dados obtidos a partir do Censo 2022 permitem aprofundar as análises sobre diversos temas de interesse, como no caso das questões metropolitanas.

“Essa pesquisa é de fundamental importância para a atualização das análises que podem contribuir com o planejamento, o monitoramento e a aplicação das políticas públicas pelos municípios que compõem as regiões metropolitanas do Brasil, por exemplo. Além disso, é preciso destacar a relevância desses dados para subsidiar diversas outras pesquisas científicas”, explicou.

No Censo 2010, a população do Espírito Santo chegou a 3.514.952 habitantes. Na edição de 2022, esse número subiu para 3.833.710, um crescimento de 9%. Essa foi a maior taxa de crescimento registrada entre os estados do Sudeste.

Já a Região Metropolitana da Grande Vitória (RMGV), no período de 2010 a 2022, registrou taxa de 11,44% de crescimento populacional, ficando com o sexto lugar do ranking das 15 RMs analisadas. Ficaram à frente as Regiões Metropolitanas de Florianópolis (33,94%), Goiânia (19,34%), Distrito Federal (14,66%), Manaus (14,56%) e Campinas (13,16%).

Com relação à densidade demográfica, concentração da população por quilômetro quadrado (km²), de 2010 para 2022, a RMGV teve um acréscimo de 85 novos moradores por km², saindo de 724 habitantes/km² em 2010, para 809 habitantes/km² em 2022. O resultado fez com que a RMGV subisse para a quinta posição no ranking de densidade entre as RMs, ficando atrás somente de São Paulo, Rio de Janeiro, Recife e Campinas, nesse quesito.

Considerando os sete municípios que compõem a RMGV – Cariacica, Fundão, Guarapari, Serra, Viana, Vila Velha e a capital Vitória – o documento destacou que, no período entre 2010 e 2022, o maior crescimento populacional foi no município de Serra, cuja taxa chegou a 24,76%, seguido por Guarapari com 18,40%.

O estudo revelou ainda que, a região Sudeste tem 38.659.729 domicílios particulares permanentes. No Espírito Santo esse número chegou a 1.793.588 e, na Região Metropolitana da Grande Vitória, o quantitativo somou 862.993 domicílios particulares permanentes.

Para conferir o estudo completo que reúne dados comparativos das 15 RMs analisadas, acesse o documento IJSN no Censo 2022: Análise da População das Regiões Metropolitanas.

Receba as principais notícias do dia no seu WhatsApp! Basta clicar aqui

- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Relacionados

- Publicidade -