sexta-feira, 19 de abril de 2024
26 C
Vitória

Enem 2023: primeiro dia de provas registra 28,1% de ausências

No primeiro dia de aplicação das provas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) de 2023, nesse domingo (05), 28,1% dos estudantes faltaram. Os dados são preliminares com base em 98% dos locais em que o exame foi realizado.

Dos mais de 3,9 milhões de inscritos neste ano, 71,9% dos candidatos fizeram o exame, em mais de 132 mil salas de 1.750 municípios brasileiros. A abstenção foi bem próxima à registrada em 2022 (28,3%).

O balanço do dia de aplicação foi feito pelo ministro da Educação, Camilo Santana, e o presidente do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), Manuel Palácios, durante coletiva de imprensa realizada na noite de domingo. No primeiro dia de exame, os estudantes fizeram as provas de linguagens; códigos e suas tecnologias; e ciências humanas e suas tecnologias, além da redação.

O ministro da Educação comemorou o que chamou de reversão de tendência de queda de participação no exame, que é a principal forma de acesso para quem deseja uma vaga no ensino superior no país. Neste ano, houve 13,1% a mais de inscritos em relação ao ano passado.

“Tivemos cerca de 500 mil inscritos a mais comparado ao ano de 2022. É um esforço também que o governo tem feito para retomar que nossos jovens realizem o Enem, a esperança de fazer universidade”, destacou Camilo Santana. Neste ano, foram 3.939.242 inscrições confirmadas. No ano passado, foram registradas 3.476.105 inscrições.

Esta foi primeira vez que os gráficos e as figuras das provas foram impressos em cores para facilitar às pessoas que são daltônicas ou tenham problemas de visão. O cartão-resposta também foi ampliado para pessoas com alguma deficiência visual.

Vazamento de imagem

O Inep acionou a Polícia Federal, na tarde desse domingo (05), para investigar a imagem de uma prova de redação do Enem 2023 que circula nas redes sociais e em grupos do WhatsApp.

A assessoria de imprensa do instituto confirmou a reprodução da imagem e a medida adotada. “Supostas imagens da prova do Enem passaram a circular nas redes sociais, depois do início da aplicação do exame. Acionamos a Polícia Federal que está investigando para tomar as providências cabíveis”, informou. A foto mostra a página do tema da redação, com os respectivos textos motivacionais.

O ministro da Educação, Camilo Santana, descartou nesta segunda-feira (06) qualquer risco de cancelamento da primeira fase do Enem. A redação do Enem 2023 foi sobre “Desafios para o enfrentamento da invisibilidade do trabalho de cuidado realizado pela mulher no Brasil”.

Receba as principais notícias do dia no seu WhatsApp! Basta clicar aqui

- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Relacionados

- Publicidade -