segunda-feira, 15 de abril de 2024
23.8 C
Vitória

Feminicídio: um crime absurdo motivado pelo machismo

Apesar de já existir na literatura há anos, o termo feminicídio passou ser utilizado há poucos anos. Antes, quando uma mulher era executada pelo seu atual, ou ex-companheiro, o crime era conhecido por passional.

“O feminicídio é um crime de gênero. É a mulher ser assassinada pelo simples fato de ser mulher”, como explica a delegada Michelle Meira, responsável pelo núcleo de enfrentamento a violência contra mulher.

Em 2015 o feminicídio entrou na lista de crimes hediondos, com penas mais altas, de 12 a 30 anos. É considerado feminicídio quando o assassinato envolve violência doméstica e familiar, menosprezo ou discriminação à condição de mulher da vítima.

O Espírito Santo é um lugar perigoso para ser mulher. Tanto que aqui foi o primeiro estado a criar uma delegacia específica para investigar assassinatos contra as mulheres. De janeiro a agosto, 54 mulheres foram mortas. Destas, 22 foram confirmadas como feminicídios. Também são contabilizados outros homicídios, como por envolvimento com o tráfico de drogas, por exemplo. No mesmo período do ano passado, foram 61 mulheres mortas. Destes 24 foram feminicidios confirmados.

Hoje o Espírito Santo é o 10º estado onde mais se comete este tipo de crime. O topo é ocupado pelo estado de Rondônia.

Um caso que marcou os capixabas, foi a morte da jovem Ana Carolina Kurth, assassinada a facadas dentro de um apartamento no Centro de Vitória. O acusado do crime, Matheus Stein foi preso dois dias depois no norte do Estado.

Todos os feminicidios deste ano foram cometidos por atuais, ou ex-companheiros. “O homem acha que é dono da mulher. Tem essa cultura de não aceitar términos de relacionamentos e acabam cometendo crime”, explica Michelle Meira.

O Espírito Santo possui delegacias especializadas na mulher em todos os municípios da Grande Vitória. Os endereços podem ser conferidos no portal da SESP. 

Receba as principais notícias do dia no seu WhatsApp! Basta clicar aqui

- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Relacionados

- Publicidade -