sábado, 25 de maio de 2024
26 C
Vitória

Após dois meses em liberdade, PM acusado de atirar e matar adolescente volta para o presídio

O cabo da Polícia Militar Thafny Fernandes, acusado de executar um adolescente de 17 anos, já rendido, sentado e algemado, em Pedro Canário, norte do Estado, vai voltar para a cadeia.

Thafny estava solto há cerca de dois meses, quando a justiça revogou sua prisão. Agora ele volta para a carceragem do quartel de Maruípe, onde ficam policiais militares que cometeram crimes.

O mandado de prisão foi pedido no último dia 13, na vara única do município. O militar se apresentou ao seu comandante assim que tomou conhecimento da decisão judicial.

Thafny e outros quatro policiais participaram de uma ocorrência que terminou com a morte do jovem Carlos Eduardo Rebouças. O rapaz era suspeito de envolvimento em uma série de crimes na cidade de Pedro Canário.

O crime aconteceu em março deste ano e na ocasião, Carlos teria cometido furtos e fugido da polícia. Ele acabou rendido pela equipe de Thafny. Mesmo algemado e sentado no chão, o cabo da PM realizou o disparo que matou o adolescente.

E equipe toda chegou ficar presa, mas aos poucos os envolvidos foram sendo liberados. Apenas o atirador permanece detido.

Receba as principais notícias do dia no seu WhatsApp! Basta clicar aqui

- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Relacionados

- Publicidade -