200 vagas abertas para casamento comunitário na Grande Vitória

0
Foto: Freepik
Foto: Freepik

Ainda há tempo para se inscrever no casamento comunitário que será promovido pela Prefeitura da Serra, por meio da Secretaria de Direitos Humanos e Cidadania. Foram abertas mais 200 vagas para o casamento, que será realizado no dia 25 de novembro, no Parque da Cidade.

Para participar, os casais devem ser residentes no município da Serra, ter mais de 18 anos, renda de até três salários mínimos por casal, comprovante de inscrição do CadÚnico e ausência de impedimento legal para contrair matrimônio.

Os documentos – lista completa se encontra no fim do texto -, devem ser entregues no Departamento de Assistência Judiciária Municipal (Dajum), situado no Pró-Cidadão, na avenida Talma Rodrigues Ribeiro, 5.416, Portal de Jacaraípe, no horário das 9 às 16 horas.

No próximo sábado (30), no mesmo local, haverá um mutirão para entrega dos documentos, das 9 às 15 horas. Neste dia, haverá uma equipe para atualizar o Cadúnico de quem não tiver o documento ou não estiver com ele atualizado.

Os documentos entregues pelos casais serão analisados e aqueles que estiverem aptos serão informados e direcionados para os cartórios de Registro Civil, cujas unidades serão divulgadas previamente no site da Prefeitura Municipal da Serra.

Cada casal precisa apresentar duas testemunhas.

Confira lista dos documentos que devem ser entregues para avaliação:

  • Original da Carteira de Identidade (RG) ou da Carteira Nacional de Habilitação (CNH);
  • Se solteiro, original da Certidão de Nascimento atualizada, expedida nos últimos 180 dias;
  • Se divorciado, Certidão de Casamento com averbação do divórcio, formal de partilha contendo a petição inicial, a sentença e o trânsito em julgado e cópia da certidão de nascimento ou documento que conste os seguintes dados: nome do cartório de registro de nascimento, número do livro e folhas, atualizada, expedida nos últimos 180 dias;
  • Se viúvo, Certidão de Casamento atualizada nos últimos 180 dias, com a anotação do óbito, Certidão de Óbito da pessoa falecida, formal de partilha contendo a petição inicial, a sentença e o trânsito em julgado e cópia da certidão de nascimento. Caso o(a) divorciado(a) ou viúvo(a) não tenha promovido a partilha de bens, deverá casar-se pelo regime de Separação Legal de Bens, de acordo com o Código Civil;
  • Original do Cadastro de Pessoa Física (CPF);
  • Comprovante de residência original do último mês de referência no nome do noivo e da noiva, ou declaração de residência de próprio punho por cada indivíduo;
  • Comprovante de renda até três salários mínimos, carteira de trabalho, declaração de isenção de Imposto de Renda ou Declaração de Hipossuficiência de renda, nos moldes do documento que se encontra em anexo no fim da matéria;
  • Declaração de Veracidade dos Documentos Registro Digital;
  • Declaração de Anuência do regime de comunhão parcial de bens;
  • As testemunhas deverão apresentar cópia e original dos seguintes documentos: RG, CPF, Certidão de Nascimento, se forem casados (as) acrescer a Certidão de Casamento; se forem divorciados (as), acrescentar a Certidão de Casamento com averbação do divórcio. As testemunhas que se farão presentes no cartório não serão as mesmas do dia da cerimônia.

Receba as principais notícias do dia no seu WhatsApp! Basta clicar aqui

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui