Orla da Grande São Pedro atinge 50% de conclusão nas obras e vai ter área alagável

0
Visita Técnica às obras da Orla Noroeste. Foto Elizabeth Nader - PMV

Em um marco significativo para as obras contínuas de reurbanização da Orla da Grande São Pedro, foi realizada uma inspeção no local nesta segunda-feira (14) para celebrar a conclusão de 50% do projeto. A revitalização da orla, também conhecida como Orla Noroeste, está prestes a oferecer aos moradores e visitantes uma variedade de novas comodidades, incluindo uma ciclovia, ancoradouros e arquibancadas inovadoras que podem ser inundadas, proporcionando mais um espaço para apreciar a beleza da Baía de Vitória.

Englobando a revitalização das orlas dos bairros São Pedro e Ilha das Caieiras, a reforma abrange um trecho total de 1,16 km. O empreendimento, financiado com um investimento de R$ 96.033.385,96 provenientes do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID), visa transformar a área da orla em um espaço público vibrante e acessível.

Uma das adições marcantes ao cenário urbano é a concepção de arquibancadas alagáveis. Essa estrutura consiste em plataformas escalonadas acessíveis aos visitantes, estendendo-se em direção à água e ficando inundadas durante a maré alta.

Além disso, o projeto prevê a criação de estacionamentos, calçadas contínuas com vias para pedestres, faixas exclusivas para ciclistas, deque, rampas e cinco pontos de atracação. Adicionalmente, a área será enriquecida com o estabelecimento de um Centro de Pescadores, servindo como um anexo ao Museu do Pescador localizado na Praça do Caboré.

O desenvolvimento também introduzirá elementos como queimadores de mariscos, áreas de manutenção de embarcações, uma praça para atividades esportivas e uma “Rua Viva” implementada na Rua Felicidade Correa dos Santos.

O objetivo central desse empreendimento é revitalizar a região por meio do aprimoramento dos espaços públicos. Isso envolve a reestruturação da orla para incorporar calçadas, faixas de ciclismo, píeres, ancoradouros, jardins, mobiliário urbano, além do estabelecimento e renovação de comodidades públicas. O projeto também busca melhorar a mobilidade urbana na região e promover atividades econômicas.

Segunda Fase das obras 

Na última sexta-feira (11), foi divulgado o edital para seleção de empresas ou consórcios responsáveis pela elaboração de projetos e execução das obras da segunda fase do Projeto de Reurbanização da Orla da Grande São Pedro. Essa etapa contempla a transformação das orlas de quatro bairros: Santo André, Redenção, Nova Palestina e Resistência, totalizando 4,04 km.

Com um orçamento máximo de até R$ 110.784.586,55 e um cronograma de construção projetado para 28 meses sob o modelo de contrato integrado, os recursos para essa fase também provêm do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID). O empreendimento reflete o compromisso contínuo de aprimorar espaços públicos, estética urbana e economias locais, alinhando-se à visão mais ampla de revitalização das áreas costeiras.

Receba as principais notícias do dia no seu WhatsApp! Basta clicar aqui

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui