sábado, 25 de maio de 2024
22.1 C
Vitória

Motoristas sob risco: entenda as implicações ao alcançar 40 pontos na CNH

O limite de pontos na Carteira Nacional de Habilitação (CNH) é uma questão crucial para todos os condutores. Com cada infração de trânsito cometida, somam-se pontos que podem, em um piscar de olhos, levar a penalidades graves. E, ao atingir a marca crítica de 40 pontos, as consequências podem ser nada menos que a suspensão do direito de dirigir.

A CNH torna-se alvo de atenção quando o ponteiro atinge o limite de 20 pontos, especialmente porque a soma se refere aos últimos 12 meses. No entanto, o cenário se torna ainda mais preocupante quando os pontos dobram.

Quando um motorista atinge a marca de 40 pontos, é sinal de alerta para a iminente suspensão de sua CNH. O processo, desencadeado pelas autoridades de trânsito, pode levar a um período de inaptidão para guiar veículos nas vias públicas. A penalidade não apenas interrompe temporariamente a liberdade de dirigir, mas também implica uma série de etapas a serem cumpridas para restabelecer o status de condutor regular.

Assim que o condutor atinge os 40 pontos, ele é notificado sobre a possibilidade de suspensão. Este é o momento em que ele pode optar por apresentar sua defesa ou escolher participar de um curso de reciclagem preventivo, uma alternativa que visa mitigar a penalidade. No entanto, se nenhuma ação for tomada, a suspensão entra em vigor.

Período de suspensão

O período de suspensão varia dependendo da gravidade das infrações cometidas, abrangendo um intervalo de 2 a 24 meses. Durante esse tempo, o condutor fica impedido de dirigir veículos motorizados em qualquer circunstância, sendo obrigado a entregar fisicamente sua CNH às autoridades de trânsito.

O condutor poderá ter a CNH suspensa quando atingir ou ultrapassar em seu prontuário, no período de 12 meses:

  • 20 pontos, caso constem duas ou mais infrações gravíssimas.
  • 30 pontos, caso conste uma infração gravíssima.
  • 40 pontos, caso não conste nenhuma infração gravíssima.

Motoristas profissionais

Outra novidade da Lei 14071/20 foi distinguir a regra para condutores comuns e motoristas profissionais. Os condutores que possuem a observação EAR (Exerce Atividade Remunerada) na CNH, podem somar 40 pontos, independente do tipo de infração cometida.

Recuperar o direito de dirigir

Recuperar o direito de dirigir após a suspensão requer um processo, que inclui realizar um curso de reciclagem e ser aprovado em um exame teórico. O retorno à condução não é automático, demandando esforços para demonstrar a compreensão e o comprometimento do motorista com a segurança no trânsito.

É fundamental compreender que a soma de 40 pontos na CNH não é uma mera estatística, mas um indicativo das atitudes de um condutor nas vias. A conscientização sobre a importância de obedecer às leis de trânsito e praticar uma direção segura é vital para evitar não somente as penalidades, mas também para preservar vidas.

Receba as principais notícias do dia no seu WhatsApp! Basta clicar aqui.

- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Relacionados

- Publicidade -