segunda-feira, 15 de abril de 2024
23.8 C
Vitória

Lutadora de jiu-jitsu de 16 anos reage a importunação sexual e imobiliza suspeito

Uma adolescente de 16 anos, lutadora de jiu-jitsu, reagiu a uma suposta importunação sexual dentro de um ônibus interestadual e imobilizou o suspeito de 48 anos. O caso aconteceu na madrugada desta sexta-feira (4), quando o ônibus passava entre Domingos Martins e Venda Nova do Imigrante, na região Serrana.

A vítima, que é de Montes Claros, Minas Gerais, estava com o pai dentro do ônibus e seguia para Vitória, onde iria participar de um torneio internacional de jiu-jitsu. Em um determinado momento, a adolescente teria percebido que um homem teria passado a mão na perna dela. Foi então que a jovem reagiu, aplicou um golpe e imobilizou o suspeito.

O homem ficou bastante machucado. Todos seguiram para a delegacia regional de Cariacica. A adolescente contou que mesmo com esta situação, vai participar do campeonato.

Casos de importunação no ES

O jornalismo do MovNews já havia mostrado casos de importunação sexual aqui no Espírito Santo. Em São Mateus, no norte do Estado, um médico de 60 anos foi preso após passar as mãos nos seios e nas nádegas de uma paciente de 19 anos. O médico pediu que a jovem levantasse a blusa para examiná-la. O homem então teria passado a mão nos seios e nas nádegas da mulher, que mesmo nervosa conseguiu gravar um áudio que incriminasse o médico. Ele ainda teria dito para moça o esperar fora da unidade.

O que fazer em casos de importunação sexual

Desde de 2018, a importunação sexual é considerada crime, com pena de reclusão de um a cinco anos. De acordo com o Fórum Brasileiro de Segurança Pública, no Brasil há registros de 52 casos por dia.

Muitas mulheres são vítimas deste crime, nos mais diversos locais que frequentam e o mais recente caso aconteceu em uma escola estadual em Vitória, quando uma adolescente de 17 anos foi vítima de avanços inapropriados por parte de um estudante de 22 anos.

De acordo com Maria Gabriela Agapito, coordenadora de Promoção e Defesa dos Direitos das Mulheres, além da denúncia, um dos meios para o enfrentamento da importunação sexual é a conscientização.

Receba as principais notícias do dia no seu WhatsApp! Basta clicar aqui.

- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Relacionados

- Publicidade -