sábado, 25 de maio de 2024
26 C
Vitória

O cachorro é o melhor amigo do homem, mas tem muita maldade sendo feita com os bichinhos

“O cachorro é o melhor amigo do homem”. O ditado é antigo. Remonta a época dos antecessores dos cães: os lobos. O ser humano ainda era nômade, ou seja, não tinha lugar fixo e vivia da caça. Os lobos começaram entender que se estivessem perto do homem, se alimentariam com mais facilidade.

Ao mesmo tempo, o homem começou a notar que os lobos eram ótimos caçadores, e a presença deles afastava alguns outros predadores. Por isso, era interessante mantê-los por perto. Assim, começou a convivência entre cachorros e humanos.

Nos dias atuais, ter um cãozinho é mais do sinônimo de companhia. Alguns destes animais são tratados como se fossem da família, ganham festas de aniversário de tudo mais. Mas ao mesmo passo que mais famílias adotam doguinhos para fazerem parte da família, ganha destaque também casos envovlendo maus tratos de cachorros, sobretudo aqui no Espírito Santo.

Somente em Vitória, de janeiro até junho, foram 490 denúncias de maus tratos de animais. Uma média de 81 casos por dia.

Vira latas caramelo. Quem é capaz de fazer maldade com um bichinho desse? Foto: Reprodução twitter.

Casos chocam pela crueldade

Em Brejetuba, região serrana, um cachorro morreu, no último domingo (30), após ficar 10 dias internado, vítima de queimaduras. De acordo com boletim de ocorrência, pretinho fugiu de casa, entrou em uma caçamba de lixo.

Um homem teria jogado gasolina e colocado fogo. O cachorrinho foi socorrido pelo próprio dono, mas em vão. Pretinho estava bastante debilitado.

Dois dias antes, no bairro Grande Vitória, na Capital, um adolescente passeava com uma cadela da raça american bully, de nome Nina. Em um determinado momento, passou perto de outro cachorro da raça pastor alemão. Os dois animais se embolaram na corrente e começaram a brigar. O dono do pastor alemão foi em casa, pegou uma faca, e acertou no coração da Nina.

Também no domingo (30), um cachorro foi resgatado após 20 dias abandonado em uma casa no bairro Jardim Camburi.

Cachorro resgatado em Jardim Camburi. Foto: PMV

Em junho, dois cachorros foram mortos a tiros por um sargento da PM, em Tabuazeiro, Vitória. Na ocasião, os dois cachorrinhos fugiram de casa e foram em direção do policial, que afirmou que os cães estavam agressivos. Já a tutora dos bichinhos afirmou que eles eram dóceis e conhecidos da vizinhança.

Cachorros envenenados

Em junho, pelo menos 4 cachorros morreram envenenados em bairros diferentes da capital. Os casos aconteceram em Jardim da Penha, Bento Ferreira, Mata da Praia e Praia do Canto. O Ministério Público investiga as situações.

O maus tratos de animais no Espírito Santo é tão grave, que existe uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) permanente para tratar de casos como estes.

Além disto, a Assembleia Legislativa do Espírito Santo – Ales possui também uma Comissão Permanente de Proteção ao bem estar dos animais, comandada pela Deputada Janete de Sá.

Como denunciar

Os municípios da Grande Vitória possuem canais específicos para receberem denúncias de maus tratos de animais. Então se liga aí, e caso você veja algum bichinho em situação de abandono, ou de maus tratos, ligue para os telefones:

  • Vila Velha: 162
  • Vitória: 156
  • Serra: (27) 99951-2321
  • Cariacica: 162
  • Ou o disque denúncia 181, da Secretária Estadual de Segurança Publica (SESP).

 

Receba as principais notícias do dia no seu WhatsApp! Basta clicar aqui.

- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Relacionados

- Publicidade -