sábado, 25 de maio de 2024
26 C
Vitória

Bombeiro capixaba retorna do Canadá após 41 dias de missão humanitária

O cabo Samir Pittol Prochera, do Corpo de Bombeiros Militar do Espírito Santo (CBMES), retornou da missão no Canadá. Ele foi o único capixaba a integrar a Missão Humanitária Brasileira, que enviou 104 especialistas de todo o Brasil para atuarem no combate aos incêndios florestais que assolam o Canadá desde junho. O bombeiro chegou ao Espírito Santo na última sexta-feira (25).

A missão do cabo Pittol durou 41 dias, desde a saída dele do Espírito Santo até o retorno ao Brasil. Desse período, 28 dias foram acampados em três regiões diferentes da província de British Colúmbia, no Canadá. O militar atuou nas regiões de Becker Lake, próximo ao Alasca, Ossoyos, na fronteira com Washington D.C, e Kamloops, na área mais central da província. Ao todo, o capixaba percorreu cerca de 5.200 quilômetros em solo canadense.

“Nosso trabalho foi, principalmente, realizar o rescaldo e o patrulhamento para evitar reignições e a propagação subterrânea do incêndio. Além de cumprir a missão primordial de um bombeiro militar, que é salvar vidas e proteger o meio ambiente, pude viver uma experiência enriquecedora ao ter contato direto como modo de trabalho com as equipes canadenses, e também atuar com pessoas de outras nações, como Estados Unidos, Austrália, Costa Rica e México”, afirmou o cabo Pittol, após o retorno.

Combate aos incêndios florestais que assolam o Canadá. Foto: Sesp
Combate aos incêndios florestais que assolam o Canadá

Combate aos incêndios

O militar explicou que o padrão canadense de combate a incêndios florestais é diferente do padrão brasileiro, o que exigiu adaptação por parte dele e de outros bombeiros estrangeiros. No Canadá, o trabalho é realizado com lançamento de água e retardante por aeronaves, rescaldo e a utilização de ferramentas manuais que não são comuns no Brasil.

Apesar de estar em uma missão de combate a incêndio, o militar relatou que também enfrentou baixas temperaturas, especialmente na região de Becker Lake, próximo ao Alasca, onde os termômetros alcançaram 5ºC.

Combate aos incêndios florestais que assolam o Canadá. Foto: Sesp
Combate aos incêndios florestais que assolam o Canadá. Foto: Sesp

O comandante-geral do Corpo de Bombeiros Militar do Espírito Santo, coronel Alexandre Cerqueira, parabenizou o militar capixaba pela atuação. “É uma honra para nossa Corporação ter o cabo Pittol nos representando nessa missão humanitária. Sua presença é o reflexo do compromisso e solidariedade do CBMES com outras nações, assim como ocorreu na Missão Humanitária na Turquia. A presença dele foi importante para ajudar nossos irmãos canadenses a enfrentar essa situação desafiadora”, declarou.

A missão brasileira foi coordenada pela Agência Brasileira de Cooperação (ABC), do Ministério das Relações Exteriores, e conta com a colaboração de diversos órgãos, como o Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama), Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBIO), Secretaria Nacional de Proteção e Defesa Civil do Ministério da Integração e Desenvolvimento Regional (MIDR), Força Nacional de Segurança Pública (FNSP) e as Corporações de Bombeiros Militares de diversos estados.

Receba as principais notícias do dia no seu WhatsApp! Basta clicar aqui

- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Relacionados

- Publicidade -