Conheça as trilhas que podem ser exploradas na Grande Vitória

0

Para quem vive em grande cidades, a vida urbana pode ser muito corrida e dar uma pausa e respirar é sempre necessário para sair da rotina estressante.

Ao fazer trilhas, você encontra uma forma de cuidar de si, não só fisicamente mas também psicologicamente. Aprende a lidar com suas frustrações e limitações ao longo do percurso e a se supera, além de praticar exercícios físicos.

Mas muita das vezes quando buscamos, achamos que temos que ir muito longe para se conectar coma natureza. Felizmente a região da Grande Vitória é cercada por parques naturais, bosques, montes e uma vasta Mata Atlântica em sua extensão. O que torna a metrópole um verdadeiro cartão postal em meio ao caos urbano. São dezenas de locais com lindas paisagens e trilhas para explorar e percorrer sem ir muito longe.

Por isso o MovNews separou uma lista com ótimos lugares para fazer uma trilha sem ir muito longe.

Monte Mestre Alvaro — Serra

Reproduzido por Secretaria de Estado do Turismo — SETUR/ES

Localizado no município da Serra, o Monte Mestre Álvaro abriga uma rica área formada por fauna e flora nativas e cavernas. Com cerca de 833 metros de altitude, a área tem uma das mais belas vistas da Grande Vitória e da região das montanhas.

Para subir o Monte, os trilheiros podem escolher três opções: Furnas, Serra Sede e Queimado. Porém, a mais recomendada é a trilha de Furnas, considera por muitos praticantes a mais bonita e segura.

Para chegar até a entrada de Furnas, deve-se caminhar pelo bairro Jardim Tropical, até a estação de tratamento de esgoto Cesan. Prepare-se para encontrar pequenas cachoeiras, grutas e poços para banho.

Tempo médio de percurso: 8 horas
Distância: 7,78 km
Dificuldade técnica: Moderada

Morro do Moreno — Vila Velha

Reproduzido por Comunicação da Prefeitura de Vila Velha

Com cerca de 184 metros de altitude, O Morro do Moreno é uma das principais atrações turísticas do Estado. Posicionado na cidade de Vila Velha, cercado pelo mar e pela Mata Atlântica, o Morro possui uma beleza natural incrível, composta até mesmo por diferentes espécies de flora e fauna.

Para subir, a caminhada se inicia pelo bairro da Praia da Costa, região central. O portão de acesso está na Rua Xavantes, e o trajeto conta com placas e cabines com guardas na entrada. O local é bastante movimentado para ver o famoso Convento da Penha por outro ângulo e também por quem busca ver o amanhecer e ou o entardecer da Grande Vitória.

Tempo médio de percurso: 1 hora
Distância: 1,49 km
Dificuldade técnica: Moderada

Parque da Fonte Grande — Vitória

Reproduzido por Prefeitura de Vitória

Situado no coração da cidade de Vitória, o Parque da Fonte Grande é um convite à quem deseja apreciar a natureza. Subindo seus mais de 309 metros de altitude, podemos ter uma visão privilegiada da Baía de Vitória e também da região de Santo Antônio, São Pedro, e a Ilha das Caieiras.

A entrada do parque, se dá pela Avenida Serafim Derenzi, no bairro Grande Vitória. Lá, os trilheiros seguirão 320 metros pela pequena trilha da Pedra da Batata. Que os levará ao primeiro Mirante, o do Sumaré. Em seu caminho você encontrará as ruínas da antiga Fazenda de São Boavista, que hoje é um Sítio Arqueológico. Além de outros mirantes para tirar fotografias.

O final do percurso se encerra na lagoa da Pedreira de Joana D’arc, antiga Pedreira Rio Doce. Vale lembrar que o Parque possui outras possibilidades de percurso, porém o ideal é que vá com ajuda de um guia, caso seja iniciante.

Tempo médio de percurso: 6 horas
Distância: 9,32 km
Dificuldade técnica: Moderada

Morro da Gamela — Vitória

Reproduzido por prefeitura de Vitória

O Morro da Gamela, localizado no Centro de Vitória tem uma vista 360º de todo o Centro e arredores, além da orla das praias de Camburi e Canto. No cume existem vários ângulos interessantes para apreciar a vista de 94 metros de altitude.

O acesso à trilha pode ser feito pela AV. Leitão da Silva, no bairro Santa Lúcia, Praia do Canto, por trás do estacionamento da Cesan, na rampa que começa na esquina com o banco Sicoob. O lugar é bastante frequentado por vistantes que buscam ver o nascer do sol, um verdadeiro espetáculo a se apreciar.

Tempo médio de percurso: 1 hora e meia
Distância: 1,33 km
Dificuldade técnica: Fácil

Monte Mochuara — Cariacica

Reproduzido por Prefeitura de Cariacica

Localizado no município de Cariacica, o Monte Mochuara pode ser visto de vários pontos da Região Metropolitana de Vitória ao alcançar o seus mais de 724 metros de altitude.

Sendo o habitat natural de diversas espécies ameaçadas de extinção, o monte é considerado o principal ponto turístico natural de Cariacica. Além de ser cercado de histórias, lendas e mitos que atraem os trilheiros.

O acesso ao Mochuara é feito ao final da AV. Antônio Teixeira no bairro de Cariacica Sede, Cariacica. Existem diversas trilhas que variam de leve a semi leve a extremamente difícil, ao serem muito próximas às falésias e exigem cordas, por isso o cuidado deve ser redobrado e o recomendado é ir com ajuda de um guia.

Tempo médio de percurso: 4 horas
Distância: 1,83 km
Dificuldade técnica: Difícil

Vale lembrar que fazer caminhadas em montanhas é uma atividade com certo grau de risco e deve se ter alguns cuidados. Se o caminhante não conhece bem o local ou está inseguro, a dica é buscar um guia para fazer o passeio junto.

É fundamental levar água e alimentos reserva para serem consumidos durante o percurso, inclusive em maior quantidade do que seriam ingeridos normalmente. Você deve usar sapatos que não escorreguem e que fiquem confortáveis nos pés. E por precaução, é sempre recomendado caminhar em grupo.

Receba as principais notícias do dia no seu WhatsApp! Basta clicar aqui.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui