sexta-feira, 12 de agosto de 2022
21.6 C
Vitória

Pai de criança morta contou para polícia que fez ritual para curar problema respiratório do filho

As investigações sobre a morte da criança de apenas 2 anos continuam. O menino foi internado na noite desta segunda feira, (4) e morreu na madrugada de terça (5). Os principais suspeitos do crime, são os pais da criança que já estão presos.

Os investigadores da Polícia Civil foram até a casa onde os suspeitos viviam e encontraram vestígios de que na residência havia acontecido uma espécie de ritual. Em um dos objetos encontrados, os policiais perceberam o nome do menino escrito em um papel.

Em depoimento, o pai da criança contou que havia feito um ritual para curar o problema respiratório do menino. Mas ele não disse do que se tratava este ritual.

Um outro filho do casal, com menos de um ano de idade, está internado com problemas respiratórios.

Sinais de violência e maus tratos

No corpo da criança os peritos encontraram vários hematomas no rosto, nas costas, no braço e nas pernas, além de marcas como se fossem de cigarro. A polícia suspeita que estas marcas foram realmente provocadas por queimaduras de cigarro. Os pais não souberam explicar o motivo de não terem percebido os machucados no menino.
Além disso, foram encontradas sinais de violência no reto e no ânus da criança. Os peritos acreditam que um objeto cortante tenha sido inserido no ânus do garoto, que causou várias lesões no intestino do menino.
A criança chegou a ser levada para o hospital, mas teve morte súbita. As investigações continuam.
Mais detalhes sobre o caso serão passados durante coletiva de imprensa da polícia, na tarde desta quarta feira (6).
- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Moderação de comentário está ativada. Seu comentário pode demorar algum tempo para aparecer.

Relacionados

- Publicidade -