sábado, 25 de junho de 2022
21 C
Vitória

Cuidado com golpe pelo e-mail do Mercado Livre; veja como se precaver

Com o avanço cada vez mais rápido da internet, o mundo se tornou mais conectado, reduziu distâncias e facilitou até mesmo os famosos momentos de compras. Por outro lado, o mundo cibernético, também é vantajoso para criminosos que se aproveitam da falta de conhecimento ou da distração de usuários para cometer delitos.

Dessa vez, estão se aprimorando e utilizando os famosos sites de compra. São endereços on-line que atraem um número variado de usuários, que realizam grandes transações monetárias e se tornam plataformas de ação para os cibercriminosos.

A empresa composta pela maior plataforma de compras e vendas pela internet da América Latina, o Mercado Livre, não seria uma exceção.

Em entrevista ao Portal MovNews, um empresário do município da Serra, Fernando Castro, afirma que recebeu a notificação de um e-mail similar ao da empresa, mas logo percebeu o golpe pelas características do conteúdo.

Uma jornalista, que preferiu não se identificar, de 24 anos, também recebeu a notificação do golpe.

“O e-mail afirmava que ‘detectaram um novo acesso à minha conta do site’. Isso por volta das 00h20 da madrugada. Entretanto, não tenho nem mesmo uma conta de acesso ao e-commerce, mas vale a atenção”, descreve.

Ameaça é constante

Essa é uma das ameaças mais constantes: o chamado “phishing”. O termo, traduzido do inglês “pescaria” de vítimas, ocorre quando criminosos enviam e-mails se passando pela empresa, usando a logomarca, leyout e até mesmo contatos para simular a marca.

As mensagens normalmente são lembretes sobre atualização de cadastro, contas pendentes ou outro risco relacionado ao seu perfil. O texto induz a clicar no link e preencher dados pessoais para confirmar identidade e alterar a senha. A página para onde o usuário é levado é falsa e as informações são roubadas para a prática de outros crimes.

 

Email é enviado para usuários com características do Mercado Livre. Foto: Reprodução

Desconfie sempre!

De acordo com especialistas, a regra é desconfiar sempre quando receber um e-mail aleatório sem solicitação. Caso receba um e-mail com pedido de ação urgente, mantenha a calma e entre em contato com a empresa.

Enquanto isso, verifique o domínio e o e-mail do remetente. Normalmente, há troca de letras ou e-mails não oficiais, por exemplo, Gmail, Hotmail e outros.

O Mercado Livre foi procurado pela reportagem, mas até a publicação desta matéria não havia se pronunciado.

- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Moderação de comentário está ativada. Seu comentário pode demorar algum tempo para aparecer.

Relacionados

- Publicidade -