quinta-feira, 7 de julho de 2022
26 C
Vitória

Ameaça de massacre liga alerta e faz escola do ES reforçar a segurança

A unidade de Jardim da Penha do Centro Educacional Charles Darwin, em Vitória, amanheceu com o reforço na segurança dias após uma pichação sobre suposto massacre previsto para esta segunda-feira (13) ser encontrada no banheiro da instituição.

A foto do texto que circula pelas redes sociais mostra uma mensagem com os dizeres: “Massacre no dia 13 de junho. Todos aqueles que nos fizeram sofrer vão morrer”.

De acordo com uma mãe de dois alunos da escola, que preferiu não se identificar, as primeiras informações sobre o suposto atentando teriam vindo a público na última sexta-feira (10).

Segurança foi reforçada na entrada do Colégio pela manhã. Foto: Divulgação

Apesar do susto, a ameaça não intimidou os pais que permitiram que os alunos frequentassem normalmente às aulas. O movimento na porta do colégio segue normal.

Em resposta ao Portal MovNews, a instituição de ensino informou que mesmo não havendo qualquer evidência de um perigo real, por prudência, providenciou um boletim de ocorrência junto à Polícia Civil, comunicou à Patrulha Escolar e a equipe de Segurança Particular (Garra) foi reforçada, inclusive com detectores de metal, para dar todo o suporte e todo o apoio necessário à comunidade escolar.

Além disso, a escola está investigando internamente para identificar o autor ou autores da mensagem. Também foi solicitado aos pais, responsáveis e/ou alunos que comuniquem à equipe escolar imediatamente caso tenham informações sobre a autoria da mensagem, com sigilo total garantido.

Ainda segundo a instituição, não houve nenhuma intercorrência na escola durante as aulas na manhã desta segunda-feira (13). O Centro Educacional Charles Darwin também afirmou que está constantemente atento e vigilante para que nada abale o ambiente escolar onde o foco é a aprendizagem significativa e o bem-estar dos alunos.

Demandada sobre o caso, a Polícia Militar informou que agentes da 12ª Companhia Independente estiveram na frente da escola, realizando posto para tranquilizar pais, alunos e funcionários.

- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Moderação de comentário está ativada. Seu comentário pode demorar algum tempo para aparecer.

Relacionados

- Publicidade -