quarta-feira, 18 de maio de 2022
24.9 C
Vitória

Equipe de TV é hostilizada e ameaçada em manifestação pró-Bolsonaro no ES

Vereador de extrema direita incitou os manifestantes contra a equipe de TV. Foto: Alex Pandini

O repórter Alex Pandini e um cinegrafista da TV Vitória/Record TV foram hostilizados por um grupo de pessoas que estava na manifestação em ato pró-Bolsonaro, realizado na tarde deste 1º de maio, Dia do Trabalhador.

O ato aconteceu enquanto o grupo ainda estava em Vila Velha, antes dos manifestantes atravessarem a Terceira Ponte até Vitória.

O jornalista e cinegrafista foram “escoltados” por policiais para uma área mais afastada do grupo de manifestantes. Por telefone Pandini disse que tentou entrevistar uma manifestante que segurava um cartaz pedindo intervenção militar quando um vereador de Vila Velha incitou os manifestantes contra a equipe de profissionais.

“O parlamentar estava bastante exaltado e tentou nos impedir de trabalhar”, afirmou.

Já no Centro de Vitória, as manifestações contra o presidente Jair Bolsonaro, também neste domingo, terminaram com apresentações culturais envolvendo música e teatro.

Segundo informações da concessionária que administra a Terceira Ponte, o fluxo de veículos no sentido Vitória x Vila Velha já foi liberado.

Há poucos instantes todas as pistas acabaram de ser liberadas para veículos, nos dois sentidos da ponte.

- Publicidade -

6 COMENTÁRIOS

  1. Vejam a diferença: enquanto uma manifestação pede intervenção militar e ameaça a imprensa, a outra termina com música, com teatro…
    Meu lamento pela primeira (minha solidariedade à equipe de imprensa), e minha admiração e aplausos para a manifestação dos trabalhadores.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Moderação de comentário está ativada. Seu comentário pode demorar algum tempo para aparecer.

Relacionados

- Publicidade -