sexta-feira, 6 de maio de 2022
24.9 C
Vitória

Técnico do Vitória espera confronto equilibrado com o Real Noroeste na final do Capixabão 2022

Ex-volante e capitão do Vitória, o atual técnico da equipe, Rodrigo César, chegou como um “bombeiro” – para apagar o “incêndio” – e salvar o time do rebaixamento no Capixabão 2022. Mas o jovem treinador, de 33 anos, foi além e levou o Alvianil para a decisão da competição contra o Real Noroeste.

A experiência de quem já foi campeão da Copa do Nordeste pelo Campinense, em 2013, além de vários títulos no futebol capixaba, trouxe para o técnico aquela velha máxima: “cautela e canja de galinha não fazem mal a ninguém”. Sem apontar favoritismo para nenhum dos lados nesta final, Rodrigo César vê um duelo bem equilibrado contra os Merengues Capixabas.

“Eu não vejo favoritismo de nenhuma das partes. Vai ser um jogo muito disputado. O Real é bem qualificado, está numa Série D de Brasileiro e tem jogadores de qualidade. Mas o Vitória vem crescendo nessa reta final da competição e eu tenho certeza de que vamos coroar esse trabalho com o título”, disse.

A final reúne o terceiro colocado contra o quinto lugar da fase de classificação. Mesmo com a partida decisiva acontecendo em Águia Branca, no próximo dia 4 de maio, Rodrigo César acredita que quem errar menos durante os 180 minutos de bola rolando será o campeão.

“É uma equipe muito qualificada e há anos estamos travando duelos com eles. É um adversário difícil. Vai ser um jogo muito bom de se ver, de duas equipes com a camisa pesada dentro do estado e com jogadores experientes. Tenho certeza que vai ser um grande jogo e a final será decidida nos detalhes”, afirmou.

Rodrigo César já foi capitão do Vitória e hoje é o técnico da equipe. Foto: Montagem MovNews.

“Jovem” comandando veteranos

Como falamos no início da reportagem, Rodrigo César tem apenas 33 anos. Um técnico jovem que comanda jogadores bem veteranos, como, por exemplo, o meia Edinho (39 anos) e o atacante Vitinho (40 anos). O agora treinador revela que trouxe para fora de campo o respeito dos companheiros desde a época em que era volante e capitão da equipe.

“Tive uma aceitação muito boa dos jogadores, principalmente os mais velhos. Os veteranos são muito mais fáceis de lidar do que os mais novos. O Vitinho e o Edinho são caras sensacionais, com os quais eu joguei e agora eu os comando. Eles têm um respeito muito grande por mim, sempre tiveram, desde a época em que eu fui capitão da equipe, tanto no Espírito Santo quanto no Vitória. E eu os respeito demais também, sempre tratando da mesma forma. Trato todo mundo igual, olho no olho, sendo um cara correto e honesto. E isso passa confiança ao grupo em acreditar no que eu passo”, finaliza.

Ingresso

O Alvianil está fazendo uma promoção no valor do ingresso para a partida, que acontece nesta quarta-feira (27), às 20h, no Estádio Kleber Andrade. Quem mora em Cariacica terá 50% de desconto no ingresso para assistir o jogo. Para garantir a meia-entrada, basta apresentar um comprovante de residência na bilheteria.

Os ingressos serão vendidos nos valores de R$ 40 (inteira) e R$ 20 (meia-entrada). Estudantes, sócio-torcedores e demais pessoas elegíveis na política da meia-entrada, além de moradores de Cariacica, pagarão a metade do valor.

- Publicidade -

1 COMENTÁRIO

  1. Fruto de muito esforço de uma diretoria aguerrida e incansável, desde 2016, muita coisa foi feita, muitos avanços aconteceram, um novo clube surgiu, transparente, coeso, trabalhando muito falando pouco, atraindo gente de todas as idades e classes sociais para a sua torcida! Isso é o novo VFC que tem sonhos mais altos! O campeonato 22 é um deles, naturalmente!

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Moderação de comentário está ativada. Seu comentário pode demorar algum tempo para aparecer.

Relacionados

- Publicidade -