sábado, 21 de maio de 2022
24.9 C
Vitória

Confira os prejuízos da gasolina “batizada” em seu carro

A gasolina adulterada, igual a que foi encontrada em postos de combustíveis da Grande Vitória na última terça-feira (12), pode causar danos permanentes ao motor do carro, provocando prejuízos que podem ultrapassar os R$ 30 mil. A afirmação é do mecânico Deneval Lopes, que atua há mais de 40 anos com reparação de veículos.

“Os veículos mais modernos podem ter uma série de problemas com a gasolina adulterada. Já consertei diversos carros nesta situação e, em alguns casos, como os de caminhonetes ou veículos importados, por exemplo, o prejuízo pode ultrapassar os R$ 30 mil com revisão e troca de peças orçadas, muitas vezes, em dólar, por exemplo”, afirma.

Ainda segundo Lopes, com a tecnologia, as oficinas se especializaram ainda mais, sendo necessárias mão de obra qualificada e ferramentas de última geração, como scanners e leitores óticos de diagnósticos.

“É um crime fazer isso com o cidadão. O prejuízo é grande e não tem como saber, a olho nu, se a gasolina está batizada. Mesmo com os testes feitos no estabelecimento, é bom procurar um posto de bandeira reconhecida nacionalmente, que tenha credibilidade na cidade onde você mora”, afirma.

Como proceder

Já o advogado Maurício Xavier disse que o primeiro passo em caso de prejuízo no motor do carro por causa da gasolina adulterada é ter em mãos o cupom fiscal que comprove a compra do combustível. Depois é necessário fazer uma denúncia na Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP), além de obter um laudo de um mecânico que ateste que o defeito foi originado pela gasolina de baixa qualidade.

“De posse desses documentos também é recomendável fazer um boletim de ocorrência na delegacia. O dano material, comprovado por fatos e documentos, pode ser ressarcido. Também pode haver dano moral, se houver alguma intercorrência após o uso do combustível batizado, tal como a parada do carro no meio da via ou mesmo a perda de um compromisso”, avalia.

ANP: 0800 970 0267

O Caso

Oito postos de combustíveis da Grande Vitória foram alvos de uma operação da Polícia Federal, com a Polícia Rodoviária Federal e a Receita Federal. Os estabelecimentos, segundo as investigações, recebiam e vendiam gasolina adulterada.

As investigações apontam que, desde 2020, a quadrilha recebia de forma ilegal cargas de álcool hidratado e nafta solvente de outros estados e misturavam um corante para simular a cor da gasolina. O superintendente da PF, delegado Eugênio Ricas, destacou que o combustível irregular pode danificar os veículos.

Posto Gallo
Rodovia Governador José Sete, Cariacica
Posto São Geraldo
Cruzamento da Rua São Roque com a Rua Águia Branca, Vale Encantado, Vila Velha
Posto Frontier
Cruzamento da Rua Vicente Celestino com a Rua Santana, Campo Grande, Cariacica
Posto As Eirelli
Avenida Fernando Antônio, 579, Bela Aurora, Cariacica
Posto Nova Marca
Rodovia Norte-Sul, ao Lado do Terminal de Carapina, Rosário de Fátima, Serra
Posto Jupter
Rodovia do Sol, 1796, Praia de Itaparica, Vila Velha
Posto Bremenkamp
Cruzamento da Avenida Bahia com a Rua Mariano Firme, Valparaiso, Cariacica
Posto Rio Marinho
Cruzamento da Rua Principal com Rua Ovídio, Rio Marinho, Cariacica

 

- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Moderação de comentário está ativada. Seu comentário pode demorar algum tempo para aparecer.

Relacionados

- Publicidade -