quarta-feira, 18 de maio de 2022
25.9 C
Vitória

Rukumilla, a índia dos seios dourados

Sempre digo em minhas colunas e reafirmo, preconceito jamais, principalmente em se tratando de vinhos, nosso assunto semanal.

Seguindo meus instintos de caçador de vinhos busco sempre novidades no mundo do vinho, quer seja do velho ou do novo mundo. Desta vez descobri um vinho que me chamou a atenção. Primeiro, pelo seu nome e depois pelo rótulo. Também sempre digo que quando um rótulo me agrada, o vinho geralmente é de boa qualidade e o Rukumilla Golden Breast 2012 me agradou e surpreendeu bastante.

Até o momento minha intuição em relação a estes dois quesitos na hora da escolha do vinho não têm falhado.

Antes de começarmos a falar sobre o vinho degustado vamos contar um pouco da sua história. Rukumilla foi uma jovem índia de grande beleza, filha de uma mulher estrangeira com um cacique indígena da tribo dos mapuches, um povo indígena habitante da região centro-sul do Chile e do sudoeste da Argentina. Seu nome significa seios dourados em português.

Rukumilla Golden Breast 2012 é um blend das variedades Cabernet Sauvignon, Cabernet Franc, Malbec e Syrah. De cor vermelho-rubi intenso, no nariz tem aromas de frutas negras e especiarias. Na boca é macio com final persistente. Em se tratando de vinho tinto, a temperatura de serviço é entre 16°C e 18°C e seu teor alcoólico é de 13,3% por volume. Harmonização ideal com carnes vermelhas e de caça, queijos e embutidos.

Os proprietários se orgulham de perpetuar a tradição ancestral de se fazer vinho com as próprias mãos, respeitando a matéria-prima e tratando com carinho cada etapa do processo. Angélica e Andrés se mudaram para a Isla de Maipo (região metropolitana de Santiago) em 1993 e perceberam que precisavam ter uma conexão verdadeira com o lugar.

Daí, surgiu a ideia de fazerem um vinho caseiro. Interessante que o casal não é enólogo, mas a paixão e dedicação dos dois (além da ajuda de vários amigos do MOVI – Movimento dos Vinhateiros Independentes) contribuíram para que o ensamblaje da vinícola fosse reconhecido dentro e fora do Chile.

As uvas na composição desta maravilha são colhidas a mão e seu manejo é totalmente orgânico. Passam 24 meses por barril de carvalho francês de primeiro uso e mais dois longos anos em garrafa. Essa é a receita de um vinho que é elaborado à escala humana:

“Fazemos sem pressa”, comenta Angélica.

Na essência, Rukumilla é um vinho de garage. Aliás, um verdadeiro gran viño em minha opinião. A vinícola Viña Rukumilla possui apenas 3 hectares de vinhedos. Foi fundada em 2000, ou seja, sete anos após o casal Andrés Costa e Angélica Grove se fixar no Vale do Maipo. Até o momento a vinícola produz um único vinho, o Rukumilla, de produção limitada a 1600 garrafas por safra deste maravilhoso, saboroso vinho de qualidade superior.

O texto a seguir, impresso no contra rótulo da garrafa do vinho, expressa a dedicação e compromisso do casal Andrés e Angélica com a qualidade do produto que se dedicam a fazer e nos brindar com um verdadeiro néctar dos deuses Baco e Dionísio.

– “Rukumilla es el nombre de la hija del Cacique Millantú y de una mujer extranjera, esta especial combinación de razas está presente como lo mejor de cada uno, al igual que este ensamblaje del Valle del Maipo. Rukumilla nos inspira a cuidar nuestra tierra y ser rigurosos con el cultivo orgánico de nuestras plantas. Uvas seleccionadas y cosechadas a mano, levedura nativa, sin corrección ni filtrado. Vinificación natural, guarda en encina francesa y embotellado en bodega própria”.

Tradução do texto:

– “Rukumilla é o nome da filha do Cacique Millantú e de uma mulher estrangeira, essa combinação especial de raças está presente como o melhor de cada um, como esse blend do Vale do Maipo. Rukumilla nos inspira a cuidar de nossa terra e ser rigorosos com o cultivo orgânico de nossas plantas. Uvas selecionadas e colhidas à mão, levedura natural, sem correção ou filtragem. Vinificação natural, envelhecida em carvalho francês e engarrafada na própria adega”.

Um brinde e até a próxima semana!

- Publicidade -

2 COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Moderação de comentário está ativada. Seu comentário pode demorar algum tempo para aparecer.

Relacionados

- Publicidade -